Minas
Home Superliga Minas derrota o Pinheiros e segue na liderança
Superliga - 12 de janeiro de 2021

Minas derrota o Pinheiros e segue na liderança

Com as norte-americanas Megan Easy e Dani Cuttino de volta ao time – elas foram poupadas na última partida, contra o São Caetano – o Itambé Minas derrotou o Pinheiros por 3 sets a 1 – 25-23, 25-14,19-25, 25-20), na noite desta terça-feira (12.01), no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, pela terceira rodada do returno da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21, e se manteve na liderança da competição.

O time mineiro tem agora 36 pontos (12 vitórias e 1 derrota), empatado com o Osasco São Cristóvão Saúde, que também venceu na rodada e tem a mesma campanha – mas perde o primeiro posto por ter pior set average (a divisão do número de sets vencidos pelo número de sets perdidos). O Pinheiros segue em oitavo, com 10 pontos (3 vitórias e 10 derrotas). Veja aqui a classificação.

A central Carol Gattaz marcou 9 pontos e ficou com o Troféu Viva Vôlei. Ela comentou a vitória:

– Sempre muito difícil jogar contra o Pinheiros, que defende muito bem, uma equipe muito rápida. Demos uma vacilada no terceiro set, demos uma caída, mas o importante foi a vitória. Todas as equipes vão melhorando a partir dos jogos que vão acontecendo, os adversários vão se conhecendo, os jogos vão ficar mais marcados. O algo mais a gente vai descobrindo nos treinamentos, nas partidas, ver o que a gente pode melhorar. Infelizmente a gente tem isso que a equipe está indo bem e perde jogadoras por Covid… É complicado. A gente está fazendo o máximo para que no nosso time ninguém pegue Covid para que a gente não desfalque o time. Cada dia vamos pegando mais confiança – disse a capitã do Minas.

A bicampeã olímpica Thaisa foi, novamente, a jogadora de segurança do Minas no ataque e foi a maior pontuadora do jogo com 19 acertos. Pri Daroit e Dani Cuttino marcou 14, e Megan Easy 12. O destaque positivo do Pinheiros foi a oposta Kimberly, que entrou bem no terceiro set e comandou a vitória das donas da casa na parcial, marcando 14 pontos no total. Até o encerramento dessa matéria, a CBV ainda não havia disponibilizado a estatística da partida.

Na próxima rodada, o Itambé Minas recebe o Curitiba, sexta-feira, às 19h, em Belo Horizonte, pela terceira rodada do returno, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. O Pinheiros tem pela frente o Sesc RJ Flamengo, no mesmo dia e horário, no Ginásio Hélio Maurício, no Rio, com transmissão pelo SporTV. Veja aqui os jogos e as transmissões do restante da semana.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL 20/21 FEMININA

Segunda rodada do returno

11.01 (SEGUNDA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 0 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP) (17-25, 24-26, 25-27), às 19h, no ginásio do Colégio Positivo Júnior, em Curitiba (PR) – SporTV 2

12.01 (TERÇA-FEIRA) – São Paulo/Barueri (SP) 3 x 0 São José dos Pinhais/AIEL (PR) (25-19, 25-22, 25-21) às 19h, no ginásio José Correa, em Barueri (SP) – Canal Vôlei Brasil

12.01 (TERÇA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG) (12-25, 11-25, 16-25), às 19h, no ginásio do Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF) – Canal Vôlei Brasil

12.01 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 1 x 3 Osasco São Cristóvão Saúde (SP) (25-23, 14-25, 15-25, 15-25), às 19h30, no ginásio do Fluminense, no Rio de Janeiro (RJ) – Canal Vôlei Brasil

12.01 (TERÇA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 1 x 3 Itambé/Minas (MG) (23-25, 14-25, 25-19, 20-25), às 20h, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – Canal Vôlei Brasil

12.01 (TERÇA-FEIRA) – São Caetano (SP) 0 x 3 Sesc RJ Flamengo (RJ) (20-25, 26-28, 19-25), às 21h30, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) – SporTV 2

Veja também

Gabi e Tainara no radar do Conegliano?

Duas ponteiras brasileiras ganharam força nos bastidores do Conegliano para a temporada 20…