Minas
Home Destaques Minas joga bem e não dá chance ao Barueri
Destaques - Superliga - 26 de janeiro de 2021

Minas joga bem e não dá chance ao Barueri

O Itambé Minas entrou muito concentrado para não deixar o valente time de José Roberto Guimarães surpreender na rodada

O Itambé Minas jogou com seriedade e muita concentração na noite desta terça-feira na Arena Minas em Belo Horizonte (MG). Afinal de contas, do outro lado estava um dos times mais valentes da Superliga Feminina 2020/21, o jovem São Paulo Barueri, que vem jogando cada vez melhor, com mais organização e, há duas rodadas, bateu o favorito Osasco São Cristóvão Osasco por 3 a 1. As mineiras aprenderam a lição, entraram com atenção redobrada e derrotaram o time do técnico José Roberto Guimarães por 3 sets a 0 – parciais de 25-20, 25-17, 25-20 -, na abertura da quinta rodada do returno.

O resultado manteve o Minas na liderança da Superliga, com 39 pontos, à frente de Osasco (36) e Dentil Praia Clube (34). Veja aqui a classificação. A levantadora Macris jogou, mais uma vez, com muita velocidade – acelerando inclusive as bolas das extremidades – e ficou com o Troféu Viva Vôlei.

A oposta norte-americana Dani Cuttino foi a maior pontuadora do confronto, com 18 pontos. Fez uma boa partida, segura, e errando menos. Deixou a quadra com 16 pontos de ataque (53% de aproveitamento) e 2 de saque.

Carol Gattaz também fez uma grande partida no ataque, com 67% de aproveitamento no fundamento. Ela terminou o jogo com 12 pontos (10 de ataque e 2 de bloqueio), seguida pela bicampeã olímpica Thaisa, que pontuou 11 vezes (7 de ataque, com 44% de eficiência e 4 de bloqueio). Pri Daroit pontuou 4 vezes e Megan Easy, 10.

Barueri começou bem e chegou a comandar o placar no início, jogando com o passe na mão e variando bem o ataque. Mas, aos poucos, o Minas parou de ceder pontos em erros e a defender, pontuando nos contra-ataques. A linha de recepção da equipe paulista não foi bem na segunda parcial e o ataque sofreu. No terceiro set, Barueri voltou a equilibrar a partida e ficou à frente em 14 a 13, mas novamente o Minas buscou o placar numa boa passagem de saque com a Macris e virou na base da velocidade tanto pelo meio quanto pelas pontas.

Os destaques do time de Zé Roberto foram a oposta Lorrayna, com 11 pontos e Karina e Glayce, com 7.

– O mais importante foi manter a concentração, porque o Barueri joga com muita velocidade. Estudamos bastante o time delas e isso é o mais importante agora: a gente entrar no ritmo, estar bem o tempo todo, falando uma com a outra e buscando melhorar sempre – disse Macris, em entrevista ao SporTV depois do jogo.

O Minas volta a jogar na quarta-feira (3.02), contra o Fluminense, no Rio. O São Paulo Barueri enfrenta o Sesc RJ Flamengo na próxima sexta-feira, às 19h, no José Correa, com transmissão pelo SporTV. Veja aqui a programação da semana e as transmissões.

Veja também

Sada Cruzeiro não dá chances ao Ribeirão

Líder isolado da Superliga masculina, o Sada Cruzeiro chegou à 15ª vitória pelo placar de …