Vôlei Renata
Home Superliga Vôlei Renata sofre, mas ganha a sétima seguida
Superliga - 9 de janeiro de 2021

Vôlei Renata sofre, mas ganha a sétima seguida

O Vôlei Renata somou a sétima vitória consecutiva na Superliga masculina. Mas sem moleza. Neste sábado, no Ginásio da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, triunfo apertado sobre o Pacaembu/Ribeirão por 3 sets a 2, parciais de 25-19, 24-26, 25-14, 20-25 e 15-5.

A sequência positiva começou diante do Vedacit Guarulhos, passando por Vôlei UM/Itapetininga, Apan/Eleva/Blumenau, Caramuru e Montes Claros América, até chegar no Ribeirão.

O duelo foi válido pela segunda rodada do returno. Os dois pontos somados como visitantes fizeram a equipe campineira subir para 31 pontos, na terceira colocação, dois atrás do EMS/Taubaté, que teve seu jogo contra o Vedacit Guarulhos adiado por conta de caso de coronavírus no time da Grande São Paulo.  Já o jovem elenco de Ribeirão segue sem saber o que é vencer após 12 jogos nesta temporada da competição nacional, com dois pontos, na última posição.

O Vôlei Renata esteve desfalcado do técnico Horácio Dileo e do ponteiro Vaccari, com coronavírus. Ricardo Murbach ficou no banco de reservas, com Renan atuando na ponta. Para superar um valente Ribeirão,  os campineiros, oscilando bastante no passe, tiveram no ponteiro Bruno Temponi o atleta mais regular durante o confronto. Ribeirão mostrou evolução após a parada para as festas, com um melhor aproveitamento ofensivo nas extremidades, com Roberval, Renan e André Luiz, e mais volume de jogo, liderado pelo líbero Diego, além de um saque mais eficiente. O time de Marcos Pacheco tinha vencido apenas quatro parciais em 11 jogos.

O VivaVôlei ficou com Renan, do Vôlei Renata, autor de 15 pontos (estatística foi utilizada pela CBV). O maior anotador foi o ponta Temponi, com 19, central Michel, com 18, dez deles no bloqueio. Roberval fez 15 para os donos da casa.

– Não foi um jogo como a gente esperava. Mas faz parte. Ficamos dez dias parados. Temos de seguir crescendo – comentou o melhor do jogo.

O Vôlei Renata voltará à quadra na quarta-feira, no Ginásio do Taquaral, contra o Vôlei UM/Itapetininga, às 19h30, ainda sem transmissão confirmada, pelas quartas de final da Copa Brasil. Já Ribeirão atuará no próximo sábado, em Castro, no Paraná, pela terceira rodada do returno da Superliga, contra Caramuru.

 

Veja também

Gabi e Tainara no radar do Conegliano?

Duas ponteiras brasileiras ganharam força nos bastidores do Conegliano para a temporada 20…