Brasília
Home Superliga Brasília vira e dá passo importante no G8
Superliga - 20 de fevereiro de 2021

Brasília vira e dá passo importante no G8

Num jogo de muitos bons ralis dos dois lados e emoção no final dos dois últimos sets, o Brasília derrotou o São Paulo Barueri, por 3 a 1, de virada – parciais de 16-25, 25-18, 25-22, 25-23 -, na noite deste sábado, no José Correa, em Barueri (SP), e deu um importante passo para terminar a fase classificatória da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 no G8.

O time do Distrito Federal subiu da oitava para a sétima colocação, agora com 24 pontos, à frente do Curitiba, oitavo colocado, com 22, mas com dois jogos a menos na tabela. O Pinheiros, nono na classificação, tem 19 pontos e ainda tem chance matemática de terminar a fase classificatória entre os oito primeiros, mas ficou mais difícil. O Barueri se manteve na sexta posição, com 31  pontos, e deixou escapar a chance de encostar no Sesc RJ Flamengo, quinto colocado, com 36. Veja aqui a classificação completa.

A levantadora do Brasília, Ju Carrijo, foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei. O crescimento das visitantes na partida passou pelo crescimento da oposta Ariane, maior pontuadora da Superliga. Depois de dois primeiros sets muito abaixo, ela passou a jogar bem e comandou a virada da equipe de Brasília, com 18 pontos. As centrais Aline e Edna pontuaram 11 vezes cada uma.

A ponteira Maira foi a maior pontuadora do jogo, com 19 pontos. Karina marcou 17. A central Lorena foi outro destaque do time de Barueri, com 15 acertos, 8 deles de bloqueio.

Brasília recebe o Osasco na próxima segunda-feira, às 19h30, no Distrito Federal, pela nona rodada do returno, com transmissão pelo SporTV 2, tentando repetir o resultado do turno, quando derrotou as rivais no José Liberatti. Barueri tem pela frente o rebaixado São Caetano, terça-feira, às 20h, em São Caetano do Sul (SP), com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. Confira aqui a programação do vôlei na próxima semana e as transmissões.

Brasília tem uma sequência indigesta na Superliga: Osasco, Sesi Bauru e Itambé Minas. O Pinheiros enfrenta Fluminense, Barueri e Osasco. A diferença entre os dois times é de cinco pontos. A equipe da capital paulista de teria de vencer ao menos dois jogos e torcer para que o Brasília perca os seus três para entrar no G8. Por isso a vitória da equipe do Distrito Federal foi muito comemorada hoje. O Curitiba ainda tem 5 jogos por fazer e não deve ter problemas para se garantir nos playoffs.

Veja também

Sada Cruzeiro não dá chances ao Ribeirão

Líder isolado da Superliga masculina, o Sada Cruzeiro chegou à 15ª vitória pelo placar de …