Minas
Home Superliga Minas não dá chances ao Sesc RJ Flamengo
Superliga - 23 de fevereiro de 2021

Minas não dá chances ao Sesc RJ Flamengo

Mesmo jogando no Rio, líder Itambé/Minas venceu com autoridade

O Itambé/Minas mostrou suas credenciais de melhor time do vôlei feminino no Brasil na atualidade. Na noite desta terça-feira, o líder da Superliga derrotou o Sesc RJ Flamengo, no Rio de Janeiro, por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-21 e 25-23.

O resultado deixa o time dirigido por Nicola Negro com 57 pontos, dez a mais do que o Osasco/São Cristóvão Saúde, com o título simbólico de campeão da fase de classificação garantido antecipadamente.

E isso não é pouca coisa, quando se fala na atual temporada, com cinco times com credenciais, elenco e investimento para vencer a Superliga feminina.

O Minas vem ignorando esse equilíbrio para enfileirar vitórias: são 15 seguidas na principal competição nacional, além do título da Copa Brasil no meio do caminho.

O time-base minastenista deu liga. As americanas Danielle Cuttino e Megan Hodge, contestadas no início da temporada, cresceram muito de produção e encaixaram na espinha dorsal de Macris-Thaísa-Léia-Carol Gattaz. A experiente central, inclusive, não esteve em quadra, na Gávea. Lara entrou e deu conta do recado. O VivaVôlei ficou com Thaísa, maior pontuadora com 15 acertos.

Do outro lado, o Sesc RJ Flamengo segue seu inferno astral na temporada. Na sétima derrota em 19 rodadas, o time deixou a desejar em vários fundamentos. O passe segue oscilando, tirando velocidade das jogadas pelo meio e sobrecarregando as extremidades. Sem contar erros em excesso, dando a impressão de falta de confiança de algumas atletas. E isso fica claro em momentos decisivos, como na reta final do segundo set.

Com 36 pontos, o time de Bernardinho vê o Sesi Bauru, quarto colocado, abrir frente (40 pontos depois de vencer o Dentil/Praia Clube) e assim ter cada vez menos chances de garantir o mando de quadra nos playoffs.

Na sexta, os dois times voltarão a jogar. O Minas fará o clássico com o Praia, em Belo Horizonte, às 21h30, enquanto o Sesc RJ tentará a reabilitação em casa contra o São José dos Pinhais/AIEL.

Veja também

Taubaté sofre, mas vence o Vôlei Renata no tie-break

Quando saiu a escalação do Vôlei Renata, sem três titulares – Gonzalez, Vaccari e Vi…