Sada Cruzeiro
Home Copa Brasil Sada Cruzeiro e Taubaté na final da Copa Brasil
Copa Brasil - 12 de fevereiro de 2021

Sada Cruzeiro e Taubaté na final da Copa Brasil

O Sada Cruzeiro derrotou o Fiat Minas na semifinal e vai enfrentar o Taubaté, nesta sexta-feira, pelo hexa da Copa Brasil

O Sada Cruzeiro segue num grande momento. Com o seu jogo costumeiro, agressivo no saque e no ataque, com uma virada de bola muito regular e o bloqueio pressionando o ataque rival o tempo todo, o time do técnico Marcelo Mendez venceu o clássico mineiro contra o Fiat Minas por 3 a 0 – parciais de 25-19, 25-18, 25-23 -, na noite desta quinta-feira, no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), e garantiu vaga na final da Copa Brasil.

O adversário na decisão, nesta sexta-feira, às 21h30, com SporTV 2, é o EMS Taubaté Funvic, que eliminou o Vôlei Renata na outra semifinal, por 3 sets a 2. O Sada Cruzeiro busca o hexacampeonato da Copa Brasil – foi campeão nas edições de 2014, 2016, 2018, 2019 e 2020. O Taubaté tenta o seu terceiro título na competição, já que venceu em 2015 e em 2017. Desde que a Copa Brasil retornou ao calendário do vôlei brasileiro, somente Sada Cruzeiro e Taubaté venceram.

Será a terceira final entre os dois times de maior investimento no vôlei masculino do Brasil nesta temporada. O Taubaté venceu as duas primeiras decisões e ficou com os títulos da Supercopa e do Super Vôlei, em novembro do ano passado. O momento do Sada Cruzeiro, no entanto, é melhor. O Taubaté vem de um surto de coronavírus e de atuações irregulares na Superliga.

O Minas jogou sem seu principal pontuador, o oposto cubano Escobar, que testou positivo para o coronavírus ontem e ficou em BH, já em isolamento. O jovem Lucas, de 21 anos, foi a opção do técnico Nery Tambeiro na saída de rede. O outro cubano do jogo, o ponteiro López, do Sada Cruzeiro, era o melhor jogador em quadra, até sair com uma dor lombar no início do terceiro set, para a entrada de Rodriguinho. Ele começou o tratamento com gelo e analgésico ainda durante o jogo e voltou no final da parcial.

O time da Rua da Bahia sentiu falta do seu maior pontuador e só equilibrou a partida no terceiro set, com Honorato e Lazo conseguindo driblar melhor o bloqueio do atual campeão da Copa Brasil. Lucas teve uma boa sequência no saque e mostrou personalidade. Mas, a superioridade ofensiva do Sada Cruzeiro foi muito evidente.

Sada Cruzeiro
Isac ataca (William Lucas/Inovafoto/CBV)

SUPERLIGA

O Sada Cruzeiro lidera a Superliga, com 48 pontos, quatro à frente do Taubaté, que tem 44. Completam o G4 o Vôlei Renata, com 35 pontos, e o Minas, com 33. Confira aqui a classificação completa.

Pela Superliga, o Minas enfrenta o Vedacit Guarulhos no domingo, às 20h30, em Guarulhos, em partida válida pela sétima rodada do returno, com transmissão pelo SporTV 2. O ada Cruzeiro recebe o Sesi SP, na próxima quarta-feira, às 19h, no Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), também com SporTV 2. Veja aqui os jogos e as transmissões desta semana.

SADA CRUZEIRO: Cachopa, Alan, Otávio, Isac, Lopez, Conte e Lukinha (líbero). Entraram: Resley, Oppenkoski, Rodriguinho, Cledenilson Técnico: Marcelo Mendez

FIAT MINAS: William, Lucas, Matheus Pinta, Gustavão, Lazo, Honorato e Maique (líbero). Entraram: Paulo. Técnico: Nery Tambeiro

Veja também

Taubaté sofre, mas vence o Vôlei Renata no tie-break

Quando saiu a escalação do Vôlei Renata, sem três titulares – Gonzalez, Vaccari e Vi…