Luizomar
Home Superliga Luizomar: “Semifinal totalmente diferente das que já disputei”
Superliga - 25 de março de 2021

Luizomar: “Semifinal totalmente diferente das que já disputei”

Osasco/São Cristóvão Saúde inicia nesta sexta-feira a sua 19ª semifinal consecutiva de Superliga feminina de vôlei. A equipe comandada pelo técnico Luizomar de Moura enfrenta o Dentil/Praia Clube, a partir das 19h, em Saquarema (RJ), pela primeira rodada do playoff melhor de três jogos que vai decidir uma vaga na final da temporada 20/21. O SporTV2 transmitirá todos os confrontos realizados na “bolha” criada pela CBV.

Campeão paulista, Osasco entra em quadra com a tradição e uma campanha de respeito na Superliga 20/21, após terminar na vice-liderança, com 17 vitórias em 22 rodadas, na temporada regular. Apesar do retrospecto favorável para Osasco, a série contra o Praia promete equilíbrio. Na temporada 20/21, o confronto está empatado em 2 a 2. As osasquenses triunfaram nas duas partidas da Superliga, mas foram superadas nas semifinais do Troféu Super Vôlei e da Copa Brasil.

– Vamos enfrentar um time alto, forte no bloqueio e com um volume de jogo muito bom. É uma equipe difícil de se jogar contra. Temos que nos preparar bastante e entrar em quadra concentradas para fazer o nosso melhor e minimizar erros – avalia a levantadora Roberta.

Luizomar elogia a força de superação de sua equipe.

– Disputar uma semifinal de Superliga é um momento sempre muito especial. Atravessamos um ano tão difícil e a nossa equipe pode ser considerar vitoriosa, por tudo que passou nessa pandemia. Normalmente, esse seria um momento na competição em que teríamos a arquibancada lotada em Osasco, contando com nossos apaixonados e fiéis torcedores como nosso sétimo jogador. Mas vivemos tempos que exigem adaptações e estamos indo para a bolha de Saquarema, para uma semifinal totalmente diferente das que eu disputei nesses meus 21 anos de Superliga. Mas eu conto com a torcida assistindo os jogos pelo SporTV, torcendo muito, passando energias positivas para nos ajudar a lutar por mais um título nacional – afirma Luizomar de Moura.

Camila Brait segue a mesma linha do treinador.

– Estamos vivendo um período difícil e a temporada não foi diferente, sem público nos ginásios e casos de covid em todos os times, inclusive o nosso. Agora é o momento de nos unir ainda mais e focar 100% no nosso objetivo. Trabalhamos muito para chegar a esse momento e vamos lutar com todas as forças pelo título. Os quatro melhores times da fase de classificação chegaram às semifinais e espero jogos de altíssimo nível. Acredito nas chances de Osasco e vamos, unidas em quadra e com o suporte da comissão técnica, dar o máximo para conquistar a sexta Superliga para a cidade de Osasco, que tem a maior e melhor torcida do Brasil, respira vôlei e merece essa alegria.

Veja também

Brasil viajará com 16 jogadores para Rimini

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou, na tarde desta segunda-feira, o elenco…