Bauru
Home Superliga Sesi Bauru bate Osasco e mira o 3º lugar
Superliga - 2 de março de 2021

Sesi Bauru bate Osasco e mira o 3º lugar

Numa partida com três pequenas paralisações por conta das goteiras no ginásio Panela de Pressão, o Sesi Bauru derrotou o Osasco São Cristóvão Saúde por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-25, 25-18, 25-22, 25-15 – na noite desta terça-feira, em partida válida pela quinta rodada do returno da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 e adiada por conta dos casos de coronavírus nas duas equipes. Foi um jogo de muitos erros. O Sesi cedeu 20 para Osasco e as visitantes cederam 32 para as donas da casa.

O resultado fez Bauru subiu da quarta para a terceira colocação, com 43 pontos, e manteve viva a chance do time de terminar a fase classificatória à frente do Dentil Praia Clube, agora quarto na tabela, com 44. A equipe mineira, no entanto, tem dois jogos por fazer, enquanto o Sesi Bauru tem apenas um. O Praia enfrenta o Curitiba, nesta quarta-feira, às 18h, em Uberlândia e o Sesc RJ Flamengo sexta-feira, às 16h30, também no Triângulo Mineiro. O Sesi Bauru encerra a sua participação no returno sexta-feira, contra o já rebaixado São Caetano. A equipe do técnico Rubinho torce para que o time de Paulo Coco perca ao menos um dos seus confrontos, ou então faça 5 sets com pelo menos um adversário. Confira aqui a classificação completa.

Osasco já garantiu a segunda colocação geral, com 50 pontos, atrás do líder Itambé Minas, que tem 60. As comandadas pelo técnico Luizomar de Moura enfrentam o Pinheiros, na última rodada, sexta-feira, no Ginásio Henrique Villaboin. Veja aqui a programação da semana e os jogos que serão transmitidos.

Polina foi eleita a melhor em quadra e faturou o Viva Vôlei. Ela foi a maior pontuadora do jogo com 21 pontos e 47% de aproveitamento. Tandara foi a maior pontuadora do Osasco, com 14 pontos, mas apenas 28% de aproveitamento. Assim como toda da equipe, errou bastante. Ela recebeu 47 bolas, errou 7, ficou cinco vezes no bloqueio e pontuou 13 vezes.

– Hoje Osasco não entrou em quadra. Muitos erros, nível altíssimo de erros, o que não pode acontecer. Perdemos a paciência. Em alguns momentos me senti perdida, a largada não caia, o ataque ficava no bloqueio. Hoje infelizmente não foi. Vamos batalhar para continuar. Temos um jogo difícil contra o Pinheiros. Cabeça no lugar. No próximo jogo temos de fazer diferente desse – disse Tandara.

 

 

 

Veja também

Taubaté busca acertar atrasados antes de anunciar reforços

Campeão da Superliga masculina 2020/2021, o EMS/Taubaté passará por uma grande reformulaçã…