Sesi
Home Superliga Sesi enfrenta Ribeirão para se manter na elite
Superliga - 3 de março de 2021

Sesi enfrenta Ribeirão para se manter na elite

Sesi disputa com Caramuru um lugar na próxima Superliga

O Pacaembu/Ribeirão recebe o Sesi, nesta quinta-feira, em partida adiada da nona rodada do returno da Superliga masculina, às 19h, no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto. O duelo, com transmissão pelo SporTV2, vale a permanência do time da capital na elite nacional. Confira as transmissões da semana.

Em 19 partidas disputadas até o momento, o time soma do Sesi 15 pontos, dois a mais do que o 11º colocado Caramuru. Por isso, o técnico Marcelo Negrão destacou a importância do confronto, mas espera muito trabalho em Ribeirão Preto.

– Será um jogo com uma importância muito grande para o nosso time e sabemos que não vai ser fácil. Pacaembu Ribeirão é uma equipe guerreira que vai brigar muito, e nós também vamos lutar para conseguir essa vitória. O grupo está focado e unido para esse jogo e isso é muito bom. Vamos até o fim – disse o treinador.

Para a equipe comandada pelo técnico Marcos Pacheco, as partidas desta quinta-feira e da última rodada da fase classificatória, contra Apan/Eleva/Blumenau, são oportunidades para o time encerrar bem a temporada 20/21 depois do rebaixamento já confirmado.

– Nós vamos manter nossa rotina, de trabalhar jogo a jogo. Lógico que hoje a gente vive uma realidade muito dura. Com a derrota perante o Minas, a gente matematicamente não tem mais condições de permanecer na Superliga A. É muito duro, muito difícil, mas vamos manter nossa rotina, nosso empenho, nossa dedicação. E esse jogo do Sesi-SP é mais um. É um time jovem, com exceção do Murilo e do Alan Patrick. Acredito que é um jogo que possa vir a ser equilibrado, apesar da campanha melhor do Sesi. A gente tem condições de fazer um jogo equilibrado, um jogo bacana para finalizar e finalizar muito bem. Como a cada jogo, vamos tentar fazer nosso melhor – afirmou Pacheco.

No primeiro turno, no dia 21 de dezembro, o Sesi venceu o Ribeirão em casa, por 3 sets a 0, parciais de 25-18, 34-32 e 25-21.

Veja também

Taubaté busca acertar atrasados antes de anunciar reforços

Campeão da Superliga masculina 2020/2021, o EMS/Taubaté passará por uma grande reformulaçã…