Vôlei Renata
Home Fora de Quadra Vôlei Renata e Selmi doam 5 toneladas de macarrão
Fora de Quadra - 23 de março de 2021

Vôlei Renata e Selmi doam 5 toneladas de macarrão

Banco de Alimentos de Campinas recebeu a doação nesta terça-feira

Nesta terça-feira, o Vôlei Renata, semifinalista da Superliga, e a Selmi, dona da marca Renata e patrocinadora máster da equipe, deram mais uma prova da filosofia do projeto ao fazerem a entrega de cinco toneladas de macarrão ao Banco de Alimentos de Campinas. O programa de arrecadação social do Ceasa da cidade, durante a pandemia, atende 139 entidades assistenciais e beneficia aproximadamente de 50 mil pessoas.

A entrega das cinco toneladas foi feita pelos campeões olímpicos André Heller e Maurício Lima e pelo oposto Leandro Vissotto, ao lado do Prefeito de Campinas, Dário Saadi. Também estiveram no evento o Secretário de Esportes de Campinas, Fernando Vanin, a Secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, Vandecleya Elvira Moro, pelo presidente da Ceasa Campinas, Valter Greve.

Parceiro do Vôlei Renata há mais de dez anos, o Banco de Alimentos de Campinas passa por um momento crítico desde o início de 2021. A entidade levantou mais de cinco mil toneladas de alimentos durante o período da crise sanitária causada pelo coronavírus, mas, nos últimos meses, viu uma queda nas doações e contou novamente com a ajuda de um dos seus principais parceiros no momento de dificuldade.

– A Selmi está sensível pelas dificuldades enfrentadas pelas pessoas mais vulneráveis durante este um ano de pandemia. Entendemos que precisamos continuar fortalecendo essa parceria, principalmente para reduzir a queda das arrecadações por conta da falta de público nos jogos do Vôlei Renata. Ano passado doamos duas toneladas de alimentos para o Banco de Alimentos e agora estamos destinando mais cinco toneladas. Com isso, a Selmi se aproxima ainda mais da comunidade, principalmente nos lares de quem mais está precisando de ajuda – comenta Marcelo Guimarães, diretor comercial da Selmi.

– O período é de cuidado em todos os sentidos da palavra, tanto na prevenção do coronavírus, quanto no momento de ajudar o próximo, fazendo ações como essa. No projeto, trabalhamos, também, para ajudar no bem estar da sociedade como um todo. Em mais uma doação, a Selmi dá exemplo do movimento transformador de cooperação e solidariedade que estamos tendo a possibilidade de vivenciar – acrescenta André Heller, embaixador e coordenador técnico do Vôlei Renata.

Esta é a terceira doação do Vôlei Renata, junto com o Grupo Selmi, em apenas um ano, totalizando sete toneladas. No começo da pandemia, em maio, foi doada uma tonelada de macarrão, mesmo número da distribuição após o título paulista. Agora, após o final da primeira fase da Superliga, o projeto ampliou a distribuição.

– Essa pandemia não está trazendo impactos apenas para a área de saúde, mas está levando muita gente à fome. Faço um agradecimento especial ao Vôlei Renata e ao Pastifício Selmi por essa doação que, com certeza, vai ajudar muito essa campanha. Vamos doar também e ser solidários – pede o prefeito Dário Saadi.

Durante a pandemia, o Banco de Alimentos abriu um canal para receber donativos. Através do site (https://bancodealimentos.org.br/doe), a entidade recebe doações financeiras de empresas e pessoas físicas. Além disso, existem outras formas de contribuir como dedicar créditos da Nota Fiscal Paulista ou indo até o Ceasa (Centrais de Abastecimento de Campinas S.A.) fazer a entrega presencial de alimentos.

Veja também

Rússia convocada com Kosheleva e Goncharova

A seleção russa feminina foi convocada, nesta segunda-feira, para o início dos treinamento…