Bruninho
Home Destaques Bruninho soma o sétimo título de Superliga da carreira
Destaques - Superliga - 17 de abril de 2021

Bruninho soma o sétimo título de Superliga da carreira

Levantador exaltou o espírito de equipe do Taubaté nos playoffs

A conquista do EMS/Taubaté, nesta sexta-feira, em Saquarema, ao superar o Fiat/Minas, aumentou o currículo vitorioso do levantador Bruninho. Foi a sétima Superliga vencida pelo campeão olímpico.

Após a partida em que foi eleito o melhor atleta em quadra, premiado com o Troféu VivaVôlei, ele deu uma entrevista emocionada, comemorando a conquista do segundo título nacional da história do projeto e fez questão de exaltar a enorme dedicação dele e de seus companheiros.

– O que fizemos hoje em quadra nessa vitória que nos deu o título não foi nada além do que nós já vínhamos fazendo ao longo de toda a temporada. Nós somos um time que trabalha muito, todos se dedicaram demais para chegarmos até aqui, e colhemos os melhores frutos dessa entrega – disse.

O levantador fez questão de ressaltar o espírito vencedor e de comprometimento de todo o elenco.

– Tem gente que olha para o Taubaté e fala que a equipe tem os medalhões, que vence simplesmente porque tem atletas de Seleção. Não é só isso. Nossa rotina é de muito trabalho duro, treino pesado, preparação, foco e cobrança entre nós mesmos. Nos sacrificamos muito para chegar a esse título – destacou.

Com mais uma temporada encerrada, em situação muito diferente do normal por conta da pandemia, Bruno diz ter sentido falta de um dos maiores atrativos do time: a torcida.

– Queria ter aproveitado mais, principalmente a torcida. Nós sabemos que a galera de Taubaté é uma das mais apaixonadas do Brasil, provavelmente a mais fanática do país. E infelizmente não tive a oportunidade de jogar no Abaeté lotado, mas recebi muito carinho por redes sociais desde que cheguei à cidade e durante toda a temporada. Gostaria de mandar um grande abraço a toda a torcida pela energia positiva que eles nos mandaram. Queria poder ter sentido todo esse calor presencialmente, mas fica aqui o sentimento de dever cumprido e de ter conquistado esse título para a cidade que tanto apoio dá ao voleibol – comentou.

Bruninho encerrou sua fala homenageando a família se seu padrinho, Jean Luc Rosat, o Suíço, ex-atleta da Seleção e que faleceu recentemente.

– Queria dedicar esse título à minha madrinha e meu parceiro Pedro, que com certeza estão de casa torcendo muito. Meu padrinho, o Suíço, faleceu a uma semana e meia atrás e tenho certeza de que está torcendo lá de cima. Falei que ia conseguir esse título para eles, então fica aqui minha homenagem – completou.

Bruninho chegou ao Taubaté em julho de 2020. Na temporada atual, conquistou os títulos do Torneio Super Vôlei, da Supercopa e e da Superliga. Foi ainda vice-campeão paulista e da Copa Brasil.

Na próxima temporada, o levantador voltará ao vôlei italiano para defender o Modena.

Veja também

Brasil viajará com 16 jogadores para Rimini

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou, na tarde desta segunda-feira, o elenco…