Duplas
Home Praia Duas duplas brasileiras invictas em Cancún
Praia - 30 de abril de 2021

Duas duplas brasileiras invictas em Cancún

Talita/Taiana e Alison/Álvaro Filho começaram bem na terceira etapa no México

O Brasil teve uma quinta-feira de altos e baixos no terceiro evento do Hub Mexicano do Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2021. Em 10 jogos realizados ao longo do dia em Cancún, as duplas brasileiras venceram seis, mas apenas duas duplas seguem sem perder: Talita/Taiana e Alison/Álvaro Filho.

No primeiro jogo do dia, Ágatha e Duda venceram Lunde e Olimstadnor, da Noruega, por 2 sets a 0 (21/18, e 21/13) e seguiram bem na competição. Logo depois, Taiana e Talita mantiveram a boa sequência de resultados positivos do Brasil diante das russas Bocharova e Ganenko ao vencerem também por 2 a 0, com parciais de 21/87 e 21/15. Alison e Álvaro Filho também começaram o dia com vitória sobre O´Dea S. e O´Dea B. por 2 sets a 0: 21/13 e 21/15.

Na sequência, três duplas brasileiras não resistiram aos adversários. André e George foram superados pelos poloneses Kantor/Losiak por 2 a 0 (14/21 e 15/21); Pedro Solberg e Arthur Lanci perderam para os americanos Lucena/Dalhausser por 13/21 e 17/21, e Guto e Arthur acabaram superados pelos mexicanos Gaxiola/Rubio por 19/21 e 16/21.

Ágatha e Duda não conseguiram o mesmo resultado do início do dia e perderam para Claes e Sponcil, dos Estados Unidos, pelo placar de 2 a 0, com parciais de 20/22 e 11/21. Já Taiana e Talita repetiram o desempenho, voltaram a vencer e garantiram o segundo resultado positivo do dia ao derrotarem Wojtasik e Kociolek, da Polônia, por 2 sets a 0 (24/22 e 21/16).

Ao final dos compromissos do dia, Talita comentou sobre a performance da dupla.

– No primeiro jogo a Taiana sacou muito bem o a partida inteira e conseguimos jogar bem na virada de bola. No segundo, o time da Polônia sacou muito bem, mas soubemos manter a calma e aproveitar as oportunidades. Hoje o dia foi da Taiana. O saque dela fez muita diferença nos momentos decisivos do jogo – elogiou.

E repetindo a boa atuação, Alison e Álvaro Filho derrotaram Samoilovs e Smedins, da Letônia, e asseguraram mais uma vitória por 2 sets a 0 nesta quinta-feira. No segundo compromisso do dia, os brasileiros venceram com parciais de 23/21 e 21/11. Após a partida, Alison comentou sobre o desempenho do time.

– Começamos o primeiro set muito bem, tivemos um pouco de dificuldade na virada de bola, estava ventando muito e enfrentamos um time muito experiente. O mais importante foi que tivemos calma para virar bola. No segundo set conseguimos manter o ritmo e quando abrimos, eles tentaram buscar, mas não conseguiram porque estávamos mais bem concentrados no jogo – disse Alison.

O campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016 ainda avaliou o resultado geral desta quinta-feira para o seu time.

– Foi uma chave pesada. O time da Nova Zelândia passou pela primeira vez, não tinha obrigação nenhuma e estava muito quente. E no segundo jogo, enfrentamos um time ‘carne de pescoço’, que sabe jogar. Mas, tivemos um bom dia. Agora é descansar e manter o foco – concluiu o experiente Alison.

Nesta sexta, André e George abrem a programação do dia para o Brasil enfrentando os italianos Abbiati e Andreatta T. às 13h (Horário de Brasília). Pedro Solberg e Arthur Lanci entrarão em quadra às 14h para jogar contra Heidrich e Gerson, da Suíça. No mesmo horário, Guto e Arthur terão Aye e Gauthier-Rat, da França, como adversários.

Veja também

Brasil viajará com 16 jogadores para Rimini

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou, na tarde desta segunda-feira, o elenco…