Brasil
Home Destaques Brasil lidera VNL feminina em média de idade
Destaques - Liga das Nações - 16 de maio de 2021

Brasil lidera VNL feminina em média de idade

Apenas a Seleção Brasileira e a da Tailândia chegam aos 30 anos em média no elenco

O Brasil jogará a Liga das Nações feminina, em Rimini (ITA), a partir do fim deste mês, como uma das seleções mais experientes entre as 16 participantes. De acordo com o levantamento da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), a equipe dirigida por José Roberto Guimarães divide a “liderança” com a Tailândia.

Ambos possuem 30 anos como média de idade entre as atletas inscritas. E com uma considerável distância para os outros times mais próximos no ranking: Turquia, Estados Unidos, República Dominicana e Coreia do Sul, todos com 27.

No ranking de idade do elenco brasileiro, a central Carol Gattaz lidera com 39 anos, seguida pelo oposto Sheilla, com 37 e pela levantadora Dani Lins, com 36. No time tailandês, que precisou ser reconvocado após uma contaminação em massa pelo coronavírus, a central Pleumjit Thinkaow tem 37 anos.

No outro extremo do ranking de idade aparece o time B da Sérvia. Com as principais jogadoras poupadas pelo técnico Zoran Terzic, o atual campeão mundial soma apenas 21 anos de média de idade do elenco. Apenas uma jogadora já “trintou”: a central Sofija Medic. Outra que se aproxima é a oposto Ana Bjelica, jogadora mais conhecida entre as convocadas.  As duas atletas mais novas da competição são sérvias, ficando à frente da brasileira Ana Cristina, a terceira mais jovem entre as inscritas para o torneio.

No ranking individual de idade da VNL feminina, Carol Gattaz “lidera”. Ela é dez dias mais velha do que a dominicana Annerys Vargas. Thinkaow fecha o top 3.

Confira abaixo a média etária de todas as seleções da Liga das Nações:

Brasil – 30 anos
Tailândia – 30
Turquia – 27
Estados Unidos – 27
República Dominicana – 27
Coreia do Sul – 27
China – 26
Japão – 26
Canadá – 25
Rússia – 25
Alemanha – 23
Bélgica – 23
Holanda – 23
Itália – 22
Polônia – 22
Sérvia – 21

Veja também

Brasília anuncia levantador cubano Goide

Um das novidades na elite do vôlei masculino brasileiro na temporada 2021/2022, o Brasília…