Canuto
Home Destaques Canuto fala em “volta para casa” no Vôlei Renata
Destaques - Vaivém - 4 de maio de 2021

Canuto fala em “volta para casa” no Vôlei Renata

Ponteiro retorna ao projeto de Campinas após passagem pela Romênia

O Vôlei Renata segue firme na montagem do elenco para a temporada 2021/2022 com a chegada de mais um nome: o ponteiro Bruno Canuto. Ele se junta a González, Cristiano, Temponi e central Barreto, que renovaram contrato, e ao oposto Evandro e ao líbero Alê, recém-contratados, na equipe comandada pelo técnico Marcos Pacheco.

Confira as últimas notícias do mercado de transferências do vôlei.

Canuto vai para sua segunda passagem pelo Vôlei Renata. O ponteiro esteve no projeto em duas temporadas, entre 2018 e 2020, conquistando o título da Copa São Paulo e a prata no Campeonato Paulista de 2019. O jogador retorna depois de uma temporada na Europa, defendendo o Dínamo Bucareste, da Romênia, onde disputou a CEV Challenge Cup, torneio europeu de clubes, e conquistou o título da Copa da Romênia.

– Vejo meu retorno com muita empolgação. Estou motivado em voltar a vestir essa camisa, porque tenho ótimas lembranças da minha primeira passagem. Foi uma das equipes que mais gostei de jogar, tanto pela estrutura quanto pelo grupo. Todos são sensacionais. Eu sinto como se estivesse voltando para casa. Senti saudade dos treinos brasileiros, da torcida calorosa, família, amigos – comenta o jogador, que ainda relembrou a passagem pela Europa.

– Minha temporada na Romênia começou um pouco complicada por conta da pandemia, mas da metade para o final melhorou, conseguimos conquistar um título importante (Copa da Romênia) e brigamos até o final pelo título nacional. Volto para o Brasil com um pouco mais de experiência e bastante animado para os desafios que vamos encarar – completa.

ELOGIOS DO TREINADOR

Canuto chega como peça importante no planejamento montado pelo Vôlei Renata. Especialista no passe, ele conquistou o prêmio de melhor recepção da Superliga nas temporadas 2013/2014 e 2014/2015.

– Dentro da composição da equipe, da montagem, tem que haver o equilíbrio: jogadores com características mais de passe, de ataque, de bloqueio, com todo sistema. O Canuto é um atacante, faz tudo, mas é um exímio passador. Encontramos nesse jogador uma característica importante para equilibrar o elenco. Ele tem talento, capacidade por ser um excelente jogador de recepção e fazer com que a bola chegue com qualidade ao nosso levantador, fazendo o jogo fluir melhor – analisa o treinador Marcos Pacheco.

A presença de Canuto fecha a posição de ponteiros, já que o Vôlei Renata ainda oficializará o jovem Adriano, ex-Vôlei UM/Itapetininga,  que treina com a Seleção Brasileira em Saquarema.

Veja também

Brasil viajará com 16 jogadores para Rimini

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou, na tarde desta segunda-feira, o elenco…