sérvia
Home Liga das Nações Líbero sérvia é suspensa pela FIVB após gesto racista
Liga das Nações - 8 de junho de 2021

Líbero sérvia é suspensa pela FIVB após gesto racista

Sanja Djurdjevic não poderá atuar em dois jogos da Liga das Nações

A líbero sérvia Sanja Djurdjevic recebeu dois jogos de suspensão após o julgamento do Comitê Disciplinar da Federação Internacional de Vôlei (FIVB). A decisão foi anunciada nesta tarde. Na partida contra a Tailândia, no último dia 1, ela foi flagrada fazendo o gesto conhecido como “slant-eyed”,  no Brasil chamado de “olhos puxados”, considerado racista pelos asiáticos.

A atleta ficará fora das partidas da Sérvia contra a Bélgica, hoje, e contra o Canadá, no sábado, pela Liga das Nações, na bolha de Rimini. Além do gancho, ela levou uma multa de US$ 22 mil, aproximadamente R$ 111 mil. A entidade promete doar o valor para alguma ação dedicada ao combate ao comportamento discriminatório e/ou financiar programas educacionais sobre sensibilidade cultural.

“A Federação Internacional está empenhada em promover a compreensão, solidariedade e unidade contra todas as formas de comportamento discriminatório. A FIVB continuará a trabalhar incansavelmente com todas as suas Federações Nacionais para garantir que esses valores sejam refletidos em toda a comunidade”, escreveu a entidade.

Após a atitude de Sanja Djurdjevic, várias adversárias e federações postaram comentários nas redes sociais exigindo algum tipo de punição.

Fato semelhante aconteceu com Sergio Busato, atual técnico da seleção feminina da Rússia, após fazer o mesmo gesto em um jogo contra a Coreia do Sul, pelo classificatório para os Jogos Olímpicos. Na ocasião, ele era assistente técnico e foi punido com dois jogos de suspensão.

Veja também

Análise: Perdeu feio sim. Mas não é terra arrasada

A derrota da Seleção Brasileira masculina para os russos foi impactante mesmo. O placar de…