Brasil VNL
Home Liga das Nações VNL: Quatro times brigam por duas vagas na semi
Liga das Nações - 22 de junho de 2021

VNL: Quatro times brigam por duas vagas na semi

A rodada desta quarta-feira (23.06), que encerra a fase classificatória da Liga das Nações Masculina de Vôlei, vai definir os confrontos das semifinais, que acontecem no próximo sábado. Brasil e Polônia já estão classificados. A Seleção Brasileira lidera a VNL de forma isolada, com 13 vitórias em 14 jogos (38 pontos). Os poloneses são os vice-líderes, com 12 vitórias e 36 pontos.

Quatro times brigam pelas últimas duas vagas. Hoje, o G4 da VNL tem Brasil, Polônia, Eslovênia e França. Mas, Rússia e Sérvia também têm chances matemáticas de classificação. A Eslovênia tem 11 vitórias e 31 pontos; a França, 10 vitórias e 32 pontos; a Rússia soma 10 vitórias e 31 pontos e a Sérvia, 10 vitórias e 27 pontos. O número de vitórias é o primeiro critério de classificação.

A rodada desta quarta tem dois jogos entre equipes que estão no G6. Às 10h, a França enfrenta a Polônia e, às 16h, o Brasil pega a Rússia. Veja aqui a programação do SporTV para a Liga das Nações nesta semana. Dos quatro times que têm chance de classificação, a Sérvia é que tem o adversário mais tranquilo: encara o Canadá, às 7h. A Eslovênia tem pela frente a Bulgária, às 13h.

O Brasil tem a chance de eliminar a Rússia, que é bicampeã da Liga das Nações. O técnico Carlos Schwanke poupou os titulares na vitória por 3 sets a 0 sobre a Alemanha, nesta terça-feira. Se a Polônia derrotar a França e Sérvia e Eslovênia vencerem seus jogos, é provável que os sérvios sejam os adversários do Brasil na semifinal.

JOGOS DA ÚLTIMA RODADA

5h – Holanda x Austrália
7h – Sérvia x Canadá
8h – Estados Unidos x Japão
10h – Polônia x França (transmissão pelo SporTV2)
11h – Irã x Argentina
13h – Eslovênia x Bulgária
14h30 – Itália x Alemanha
16h – Brasil x Rússia (transmissão pelo SporTV2)

 

Veja também

Mundial de Clubes: venda física de ingressos em Betim

Faltam apenas sete dias para começar o Campeonato Mundial de clubes masculino. Anfitrião d…