Prefeitura
Home Superliga Fim do time? Prefeitura de Taubaté encerra parceria com a Funvic
Superliga - Vaivém - 13 de julho de 2021

Fim do time? Prefeitura de Taubaté encerra parceria com a Funvic

Problemas nos bastidores ameaçam continuidade do projeto

O futuro é cada vez mais incerto para o Taubaté, atual campeão da Superliga masculina de vôlei. Nesta terça-feira, a prefeitura da cidade paulista anunciou o fim da parceria com a Funvic (Fundação Universitária Vida Cristã), instituição responsável pela gestão da equipe, reclamando de “problemas administrativos e financeiros”. A entidade, por sua vez, se mostrou surpresa com a decisão, segundo ela, uma reviravolta no que estava acordado recentemente, além de apontar a própria administração municipal como uma das apoiadoras com atraso no repasse das verbas para a equipe.

Ainda não é claro o resultado final deste racha no projeto. Nos últimos dias, o levantador Rapha e o ponteiro João Rafael, que haviam renovado o contrato, acertaram o desligamento de Taubaté. Ao fim desta semana, terminará o prazo inicial estipulado pela Confederação Brasileira (CBV) para entrega da documentação do fair play financeiro, essencial para inscrição dos times na próxima Superliga.

O Web Vôlei procurou profissionais de diferentes áreas do projeto. Eles admitiram surpresa com os últimos desfechos e admitem a incerteza sobre os próximos passos.

Confira abaixo as duas notas oficiais:

Prefeitura

“A Prefeitura de Taubaté, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, anuncia o fim da parceria com a Fundação Universitária Vida Cristã (Funvic), na modalidade do vôlei masculino adulto.

Foram constatados problemas de ordem administrativa, e principalmente, financeira de temporadas passadas, bem como apontamentos de irregularidades do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo nos últimos anos.

Ressaltamos que, ao longo desses seis meses, a nova administração municipal trabalhou incansavelmente para viabilizar a continuidade do projeto. Foi solicitado aos gestores do projeto, ligados à parceira FUNVIC, a apresentação de um plano de viabilidade financeira para a manutenção do mesmo, o que não ocorreu até o momento, tendo em vista que a prefeitura aporta somente cerca de 30% do valor total com recursos públicos.

No entanto, devido à pandemia e a crise financeira nacional, ficou inviável a permanência e a adesão de empresas patrocinadoras ao projeto. Por fim, a Administração Municipal reforça que continua acreditando na importância do esporte”.

Funvic

“A Funvic vem informar que está tão surpresa quanto a cidade e a região em relação à decisão unilateral e imotivada da Prefeitura Municipal de Taubaté de encerrar a vitoriosa parceria ligada ao voleibol.

O próprio prefeito expôs publicamente a continuidade do projeto o que foi confirmado há cinco dias pelo secretário de esportes em entrevista pública.

Não há débitos que não tenham sido negociados, e os problemas financeiros advieram de queda dos valores captados via patrocínios, ante a pandemia e inadimplência dos contratantes destes, entre eles, como nos foi dito, a própria Prefeitura Municipal de Taubaté, que deixou de honrar compromissos. Mas ainda assim a Funvic assumiu valores que sequer são devidos pela instituição, como os que advieram da Associação de Vôlei de Taubaté.

Todos os valores que são recebidos via patrocínios, ante ao projeto são integralmente reinvestidos, com plena ciência da Prefeitura Municipal, que sempre teve pessoas que co-gerenciavam o time a todo o tempo. A Funvic não recebe qualquer valor pelo Vôlei Taubaté e por isso vê-se que não podem existir irregularidades administrativas.

Foi esse modelo, pelo qual todo o valor arrecadado é investido no próprio time que deu tamanhos frutos, sendo a temporada 2020/2021 a mais vitoriosa da cidade e finalmente chegamos ao hexacampeonato paulista e bicampeonato da Superliga. A equipe é há três anos consecutivos a principal equipe de voleibol do Brasil e do mundo.

A Prefeitura sempre foi uma grande parceira, especialmente para unir empresas para patrocinar o Vôlei Taubaté e engrandecer a cidade. E cessando com essa atividade perdemos todos. Com esta decisão da Prefeitura Municipal de Taubaté, os atletas, que uma vez jogaram em nosso chão, vão brilhar nas Olimpíadas e a cidade fica sem seu grande objeto de carinho.

A FUNVIC manterá, até o final de 2021, todas as bolsas-atleta (incentivo esporte) que se comprometeu ante à população de Taubaté e fruto desta parceria vitoriosa, causando a mudança na vida de tantos.

Ao ver da FUNVIC, em ano de Olimpíada, perde a cidade, a região e o esporte nacional. Uma parceria de sucesso que projetou o nome de da cidade Taubaté para o Brasil e o Mundo. Agrademos a todos que acreditaram: Famílias de Taubaté, patrocinadores, profissionais, atletas, comissão técnica e empresas.

O Vôlei é o esporte da família brasileira e sempre era nossa realização ver o ginásio cheio de pessoas que iam torcer, a alegria no rosto de cada um e a arrecadação de alimentos aos carentes”.

Veja também

Praia: Bárbara/Carol e Rebecca/Talita na final feminina neste domingo

Não faltaram emoção e grandes jogadas no quinto dia do torneio feminino da primeira etapa …