Itália
Home Destaques Itália bate Rússia em “rachão”. Sheilla estreia no SporTV
Destaques - Tóquio-2020 - 24 de julho de 2021

Itália bate Rússia em “rachão”. Sheilla estreia no SporTV

Partida tecnicamente ruim na abertura do torneio feminino de vôlei

O esperado clássico europeu entre Itália e Rússia, na abertura do vôlei feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, deixou muito a desejar na noite deste sábado. Em uma partida tecnicamente fraca, a Azzurra foi menos pior e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-19 e 25-14, na Ariake Arena.

O vôleifã certamente ficou decepcionado com o que viu de duas potências mundiais, tanto coletivamente quanto individualmente. Ainda mais quando se tem Egonu de um lado e Goncharova de outro. A expectativa sempre alta se transformou em decepção.

No caso de Egonu pode até parecer estranho, já que ela terminou com 18 pontos, sendo maior anotadora do jogo. Mas a oposto esteve muito errática, principalmente no início do jogo, quando levou um bloqueio de Fetisova, mandou um ataque para fora na sequência e ainda errou um passe, fundamento que ela raramente participa. No decorrer do jogo, talvez menos ansiosa, a quantidade de erros dela diminuiu. Colocou no chão 14 de 25 bolas recebidas.

Já Goncharova teve uma atuação pavorosa. Nem de perto pareceu a oposto dominante de outros tempos. Foram míseros seis pontos em três sets, todos no ataque, em 22 tentativas. Aproveitamento baixíssimo. A participação abaixo da média fez a levantadora Startseva a não monopolizar as bolas levantadas para Goncharova. A jovem Fedorovtseva, 17 anos, em sua estreia olímpica, foi acionada 32 vezes. Acertou dez delas. Voronkova, a outra ponteira, atacou outras 21 bolas.

A performance russa, em um grupo com China, Estados Unidos e Turquia, corre seríssimo risco de eliminação caso não melhore muito nos próximos jogos. Na segunda rodada, a Rússia terá a Argentina pela frente, enquanto a Itália duelará com a Turquia.

A partida ainda marcou a estreia da bicampeã olímpica Sheilla como comentarista do SporTV. Ela participou da transmissão com Eusébio Resende e demonstrou um pouco de timidez, sem se alongar em suas intervenções. Antes de se despedir, admitiu que “sentiu”.

– É mais difícil estar do lado de cá. Também senti a estreia – comentou a oposto.

 

Veja também

Europeu já tem três confrontos das quartas definidos

Mais quatro times avançaram, neste domingo, às quartas de final do Campeonato Europeu Masc…