Juiz de Fora
Home Destaques Juiz de Fora não disputará a Superliga masculina
Destaques - Superliga - 15 de julho de 2021

Juiz de Fora não disputará a Superliga masculina

Campeão da Superliga B, time mineiro não conseguiu patrocinadores para jogar a elite

Juiz de Fora não fará parte da Superliga masculina 2021/2022. Campeã da segunda divisão nacional na temporada passada de forma invicta, a equipe mineira não conseguiu estruturar financeiramente o projeto para disputar a elite nacional.

Nos últimos dias, Maurício Bara, diretor do projeto de Juiz de Fora, participou de diversas reuniões em busca de uma resolução. Uma das possibilidades era receber por empréstimo jovens atletas das categorias de base do Sada Cruzeiro. Ainda assim o orçamento seria insuficiente.

A decisão foi adiar o sonho de disputar a Superliga, para “não dar um passo maior do que a perna” sem conseguir honrar os compromissos financeiros com atletas e comissão técnica.

Caso Juiz de Fora participasse da próxima Superliga, Minas Gerais bateria seu recorde de participantes. Sada Cruzeiro, Fiat/Minas, Montes Claros América e Azulim/Gabarito/Uberlândia estão confirmados na temporada 2021/2022.

Com Juiz de Fora abrindo mão da vaga conquistada em quadra, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) consultará prováveis substitutos. Pelo regulamento, terceiro e quarto colocados na última Superliga B (Anápolis e Aeroclube-RN) e depois os rebaixados na Superliga A (Caramuru e Ribeirão Preto)

 

Veja também

Paulista: Vôlei Renata vence o Guarulhos fora de casa

O Vôlei Renata segue na briga pela liderança do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei. Na…