Música
Home Destaques Música cria uma “nova dupla”: Carol Gattaz/Ana Cristina
Destaques - Seleção Brasileira - Tóquio-2020 - 22 de julho de 2021

Música cria uma “nova dupla”: Carol Gattaz/Ana Cristina

Um piano na concentração brasileira aproximou as atletas no Japão

Carol Gattaz e Ana Cristina dividem uma outra paixão além do vôlei. Estreantes na Olimpíada, as jogadoras têm aproveitaram alguns momentos de folga em Sagamihara, local da aclimatação antes da entrada na Vila Olímpica, em Tóquio, para embalar a Seleção feminina de vôlei com boa música.

Carol Gattaz, que completará 40 anos no próximo dia 27, sempre gostou de cantar, mas passou a levar o hobby mais a sério na pandemia, quando fez lives solidárias. Nascida em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, a central gosta de soltar a voz nas músicas sertanejas. Ana, por sua vez, aprendeu a tocar piano com o pai, que se apresenta na igreja.

Quando viu o instrumento no espaço do Time Brasil no hotel em que o time estava hospedado, em Sagamihara, a ponteira não resistiu. E Carol se juntou a ela no dueto.

– Eu sempre gostei de cantar no chuveiro – brincou Carol Gattaz. – Na pandemia surgiu a oportunidade de fazer lives solidárias e ajudar as pessoas. Mas é só um hobby, não é nada profissional. E aqui na seleção tem a Aninha, que é um super talento, toca violão, piano e tem uma voz super gostosa. Nós cultivamos a mesma paixão pela música.

Ana Cristina, a novata brasileira com 17 anos, que também toca na igreja como o pai, tem investido no estudo da música.

– Voltei a estudar há um tempo atrás e estou me aperfeiçoando aos poucos. Foi incrível tocar com a Carol. Ela é uma cantora excelente, minha duplinha para sempre – disse a ponteira.

Veja também

Ana Patrícia e Rebecca perdem para dupla da Letônia

Ana Patrícia e Rebecca sofreram a primeira derrota no torneio de vôlei de praia dos Jogos …