Renan Leal
Home Destaques Renan: “Não podia perder o Leal de maneira nenhuma”
Destaques - Seleção Brasileira - Tóquio-2020 - 26 de julho de 2021

Renan: “Não podia perder o Leal de maneira nenhuma”

Técnico comentou a recuperação de Leal durante a partida contra a Argentina

Um início instável, como já havia acontecido na estreia contra a Tunísia, fez Leal ser substituído por Douglas Souza no segundo set do duelo entre Brasil x Argentina, nesta segunda-feira. Mas o momento ruim foi transformado em protagonismo na construção da virada verde-amarela. Leal voltou a ser titular na formação de Renan Dal Zotto na terceira parcial e foi decisivo para o triunfo brasileiro, o segundo nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Ele terminou como maior pontuador do Brasil no clássico com 18 pontos: 17 no ataque e um no saque. Renan explicou o motivo da substituição e comemorou a volta por cima de Leal.

– No primeiro jogo, o Leal saiu porque estava com um rendimento ruim, mas hoje eu não podia perder ele. Leal é um cara extremamente importante. No meio do jogo ele saiu, falei pra ele que ia tirá-lo para respirar, o Douglas entrou bem inclusive, mas a gente não podia perder o Leal de maneira nenhuma. Depois ele entrou no jogo e ajudou na vitória que para a gente era fundamental – comentou Renan Dal Zotto.

O terceiro jogo do Brasil nesta primeira fase dos Jogos Olímpicos será na quarta-feira, às 9h45, contra a Rússia, em um confronto de invictos, valendo a liderança do Grupo B. Os russos venceram Argentina e Estados Unidos nas rodadas iniciais, ambos por 3 sets a 1.

 

Veja também

Paulista: Pinheiros vence e se garante em terceiro

O Pinheiros conquistou a segunda vitória seguida, a terceira na primeira fase do Campeonat…