VNL
Home Destaques VNL terá um novo formato a partir de 2022
Destaques - Liga das Nações - 13 de agosto de 2021

VNL terá um novo formato a partir de 2022

Mudanças foram anunciadas nesta sexta-feira pela Federação Internacional

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou, nesta sexta-feira, mudança no formato de disputa da Liga das Nações (VNL) a partir de 2022. As 16 seleções de cada naipe serão divididas em grupos de oito na fase de classificação. As oito melhores avançarão para as quartas de  final, com jogos eliminatórios a partir daí até a decisão.

Segundo a nota oficial da entidade, “o formato proporcionará aos times, torcedores e espectadores a oportunidade de desfrutar o melhor do voleibol em doze locais únicos ao redor do mundo. Além disso, o novo formato permitirá que ambos os sexos joguem nos finais de semana, ao mesmo tempo que reduz viagens e permite atividades promocionais mais longas e ativações de torcedores em mercados relevantes”.

Com o novo formato, cada seleção jogará 12 partidas durante as três semanas da fase inicial. Os participantes farão quatro partidas durante seis dias de competição, entre terça-feira e domingo. O novo formato da VNL significa que cada gênero joga em semanas alternadas, permitindo um intervalo de uma semana entre os eventos. O número total de partidas na fase de classificação será 96.

As finais do VNL reunirão as oito equipes com melhores campanhas. E a partir daí o regulamento é simples: quartas de final, semifinal e decisão, sempre em jogo único.

A FIVB inicia agora o processo de seleção das sedes, com as federações nacionais tendo de demonstrar interesse em receber os jogos. Já a sede das finais será decidida em um processo licitatório.

Pelo calendário de competições da Federação Internacional, a VNL deverá começar no fim de maio, com a fase de classificação terminando no dia 10 de julho. As finais femininas estão previstas para acontecer entre 11 e 17 de julho. Na sequência, entre 18 e 24, será a vez da decisão masculina.

Em 2021, na bolha de Rimini, o Brasil, no masculino, e os Estados Unidos, no feminino, ficaram com o título.

Veja também

Gattaz é top 5 entre as melhores do mundo em 2021

A meio de rede Carol Gattaz foi anunciada, nesta quinta-feira, como a quinta melhor jogado…