vôlei sentado
Home Jogos Paralímpicos Vôlei sentado: Brasil estreia com virada na Paralimpíada
Jogos Paralímpicos - 27 de agosto de 2021

Vôlei sentado: Brasil estreia com virada na Paralimpíada

A Seleção Brasileira feminina de vôlei sentado estreou com vitória nesta sexta-feira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Pelo Grupo A, triunfo sobre o Canadá por 3 sets a 2, parciais de 21-25, 26-24, 25-20, 27-29 e 17-15.

As maiores pontuadoras do time verde-amarelo foram Adria da Silva, com 17 pontos, Jani Freitas, com 14, e Pamela Pereira, com 13.

Depois do Canadá, a Seleção Brasileira enfrentará o Japão (domingo, dia 29) e a Itália (quarta-feira, 1/9). As semifinais serão no dia 3, enquanto as finais serão nos dias 4 e 5.

Uma das atletas do Brasil no vôlei sentado foi descoberta em Marituba, município da região metropolitana de Belém. A paraense Bruna Lima, 31 anos, teve a primeira chance na Seleção dois anos atrás.

– Já treino o vôlei sentado há quatro anos, mas em 2019 me destaquei no Campeonato Brasileiro e recebi elogios do treinador da Seleção Brasileira, que pediu para eu treinar um pouco mais, porque tinha altura e potencial. Meses depois, recebi a minha primeira convocação – conta.

A trajetória de superação de Bruna começou quando ela estava no ensino médio. Na época, sofreu um acidente e precisou amputar a perna. Neste período, ela encontrou no esporte a melhor oportunidade para viver esse novo momento, desenvolvendo suas habilidades esportivas e mostrando todo o seu talento.

– No começo foi muito difícil superar as sequelas deixadas pelo acidente, mas através do esporte, consegui me reencontrar. Todos os dias tenho o apoio da minha filha, o que me motiva ainda mais – afirma Bruna, uma das sete integrantes do Pará entre os 259 atletas do Brasil em Tóquio.

Veja também

FIVB anuncia calendário do vôlei de praia para 2022

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) apresentou, nesta segunda-feira, a primeira vers…