Destaques
Home Superliga Destaques individuais da última Superliga feminina
Superliga - 9 de setembro de 2021

Destaques individuais da última Superliga feminina

Relembre alguns dos principais nomes da última temporada do vôlei nacional

No fim de outubro, os destaques do vôlei feminino brasileiro estarão em ação novamente na Superliga 2021/2022. 12 equipes, mais uma vez, estarão na disputa pelo título mais importante da temporada no calendário da Confederação Brasileira de Voleibol.

O Itambé/Minas defenderá o caneco. Na edição 20/21, vitória na decisão sobre o Dentil/Praia Clube. Mais um título nacional para o tradicional clube de Belo Horizonte, agradando àqueles que sabem como funciona o Bet365 e aproveitaram para dar o seu pitaco na competição de maneira segura.

Relembre as melhores jogadoras da última Superliga.

Maiores pontuadoras: Polina e Tandara

Jogando pelo Sesi Bauru, a oposto Polina Rahimova marcou um total de 440 pontos durante a competição. Por set, a azeri fez 4,89 pontos. Já Tandara, do Osasco/São Cristóvão Saúde, marcou 409 pontos no total, uma média de 4,93 pontos por set.

Já as melhores atacantes, no quesito eficiência, foram Thaísa (Minas), Jineiry Martinez (Praia) e Julia Kudiess (Minas), todas com 55% de acerto.

Melhores bloqueadoras: Thaísa e Mayany

Quando o assunto é bloqueio, Thaísa levou o destaque. Ela marcou 111 pontos durante a competição no fundamento. Em segundo lugar ficou Mayany, até então em Osasco, com 109 bloqueios. Vale ainda destacar Julia Kudiess, do Minas, com a média de 1,12 ponto por set, mas tendo jogado menos parciais do que as demais. Mayany terminou com 1,16 e e Thaísa, 1,14.

Melhores sacadoras: Polina e Pri Daroit

Polina Rahimova também foi destaque neste fundamento. A então oposto do Sesi Bauru marcou 31 pontos em aces, dois pontos a mais do que a segunda colocada, Pri Daroit, do Itambé/Minas.

Destaque

Após a final, a levantadora Macris saiu de quadra com o prêmio de melhor levantadora da Superliga. Já Thaísa foi eleita a MVP da temporada, recebeu o título de melhor central e foi escolhida a Craque da Galera.

No dia 10 de agosto, a CBV divulgou os 24 clubes que participarão da Superliga masculina e feminina de 2021/2022. De acordo com a Confederação, estes clubes já cumpriram todos os requisitos básicos e pagaram a taxa de inscrição. Entre as mulheres, além do Itambé/Minas e do Dentil/Praia Clube, ambas de Minas Gerais, disputarão a competição Curitiba, Sesc RJ Flamengo, Osasco/São Cristóvão Saúde, Pinheiros, Fluminense, Brasília, Country Club Valinhos, Unilife/Maringá, Barueri e Sesi Vôlei Bauru.

 

Veja também

SporTV comemora audiência da abertura da Superliga

A Superliga masculina de vôlei começou e o esporte se consolida como um dos preferidos do …