Minas
Home Fora de Quadra Homenagem do Minas Tênis Clube para os olímpicos
Fora de Quadra - Tóquio-2020 - 28 de setembro de 2021

Homenagem do Minas Tênis Clube para os olímpicos

Evento aconteceu nesta segunda-feira, em Belo Horizonte

Pela primeira vez após a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Minas Tênis Clube reuniu os onze atletas e os dois treinadores que estiveram no Japão para uma série de homenagens, no Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas, na Unidade I. A Diretoria do Minas, representada no palco pelo presidente Ricardo Santiago, pelo presidente do Conselho Deliberativo Kouros Monadjemi e pelo vice-presidente Carlos Henrique Martins Teixeira, entregou a todos os homenageados um pin com o selo de “atleta/treinador olímpico do Minas” e uma placa em reconhecimento à conquista dos medalhistas.

A levantadora Macris e a central Carol Gattaz estiveram entre os atletas homenageados como medalhistas. Maurício Souza também esteve presente.

– É uma honra homenagear os atletas e treinadores que se dedicaram e, agora, figuram entre os melhores do mundo. Esse ciclo olímpico foi atípico. Acompanhamos de perto o que vocês fizeram para superar os desafios que apareceram pelo caminho, principalmente com a pandemia. Vocês foram resilientes, criativos, dedicados e, acima de tudo, guerreiros, pois seguiram firmes com foco no objetivo maior, os Jogos de Tóquio. Isso fez com que os resultados alcançados tivessem um sabor especial. O Minas Tênis Clube se orgulha de fazer parte dessas conquistas. Tudo isso é resultado do trabalho não apenas dos atletas, da comissão técnica, mas também de profissionais de todas as áreas que, diariamente, fazem com que essa instituição seja um ambiente de desenvolvimento do Esporte, da Cultura, da Educação e do Lazer. Parabéns a todos e que venham mais conquistas – afirmou o presidente do Clube, Ricardo Santiago.

Em nome de todos os atletas, Carol Gattaz, que está em sua oitava temporada no Itambé/Minas, agradeceu pela homenagem e ressaltou o orgulho em vestir as cores minastenistas.

– Primeiramente, quero agradecer ao Minas Tênis Clube em nome de todos os atletas e técnicos que foram para os Jogos Tóquio. É uma honra e um orgulho representar tantas pessoas incríveis. O clube foi fundamental para que eu pudesse conquistar esta medalha e acredito que foi essencial na trajetória de todos até os Jogos. Eu já disse algumas vezes que eu divido a minha carreira em dois momentos: uma antes do Minas e outra depois do Minas. Antes de chegar aqui eu era uma jogadora e no Minas eu me tornei uma atleta de verdade. Toda a estrutura, os profissionais da equipe multidisciplinar, a boa gestão da diretoria, tudo isso foi importante para a minha evolução e também para alcançarmos os resultados. Só tenho mesmo que agradecer e parabenizar o Minas por ser uma referência esportiva no Brasil e, principalmente, uma grande potência na formação de atletas.

Homenagem especial

A diretoria do Minas também relembrou grandes momentos da história do clube e iniciou uma série de homenagens aos atletas que representaram o time minastenista em edições passadas dos Jogos Olímpicos. Durante o evento, Marcus Mattioli, que conquistou a medalha de bronze na natação nos Jogos de Moscou, em 1980, recebeu uma placa em reconhecimento.

 

Veja também

Polônia oficializa Lavarini e Grbic como técnicos

O italiano Stefano Lavarini e o sérvio Nikola Grbic foram oficializados pela Federação da …