sub-21
Home Categorias de base Sub-21: Rússia derrota o Brasil de virada
Categorias de base - Destaques - Seleção Brasileira - 23 de setembro de 2021

Sub-21: Rússia derrota o Brasil de virada

Brasil teve vantagem no confronto com os russos, mas acabou perdendo

A Rússia voltou a ser algoz das equipes de base do Brasil. Nesta quinta-feira, foi a vez da Seleção masculina sub-21 ser derrotada pelos europeus. Na estreia verde-amarela no Mundial da categoria, em Sofia, na Bulgária, revés de virada, parciais de 16-25, 25-22, 23-25, 25-21 e 15-9.

Nesta madrugada, em Durango, no México, o Brasil foi derrotado no Mundial sub-18 feminino, também no tie-break, pela Rússia.

A Seleção Brasileira sub-21 voltará à quadra às 7h (Horário de Brasília) desta sexta-feira contra o Canadá, valendo a classificação, já que Camarões, o outro integrante do Grupo D, desistiu de participar. O canal Volleyball World, do YouTube, transmitirá ao vivo.

O oposto Darlan foi o maior pontuador entre os brasileiros, com 18 pontos: 15 no ataque e três no bloqueio. Logo a seguir veio o ponteiro Paulo, com 17: dez no ataque, três no bloqueio e quatro no saque. Adriano, campeão sul-americano com a Seleção adulta, anotou mais 15, 14 deles no ataque.

Pelo lado russos, 18 pontos para o oposto Stanislav Dineykin, filho do gigante de 2,15m que por muito tempo defendeu a seleção russa e teve até passagem pelo Brasil (Olympikus na temporada 1998/1999)

– Nós começamos muito mal. O primeiro set foi um pesadelo. Nós não sacamos bem, não atacamos e o Brasil jogou muito bem. Mas começamos a melhorar no segundo set. O momento mais importante do jogo foi no quarto set, que nos deu a oportunidade de vencer o duelo – disse o ponteiro e capitão Ilya Kazachenkov.

O ponteiro Arthur Bento comentou sobre a atuação do time do treinador Giovane Gávio.

– Foi uma boa partida contra um bom adversário. Não jogamos nosso melhor especialmente no quarto e no quinto sets. Agora vamos nos preparar para partida contra o Canadá. Estamos jogando numa excelente cidade e em um ginásio muito bom – disse Arthur Bento.

A competição reúne 15 seleções, divididas em quatro grupos. As equipes jogam entre sim dentro de cada grupo e os dois melhores avançam para a fase seguinte.

O Brasil participa do Mundial com os levantadores Gustavo Orlando e Rafael Forster; o líbero Pedro Tomasi; os opostos Darlan Souza e Guilherme Sabino; os ponteiros Adriano Xavier, Paulo Vinicios Ferreira, Felipe Varela e Arthur Bento; e os centrais Guilherme Rech, Kelvi Geovani e Leonardo Andrade.

Veja também

Kelsey Robinson está de volta ao Conegliano

Os grandes clubes italianos estão “famintos” no mercado de transferências do v…