Lee
Home Destaques Da-Yeong Lee agora é investigada por ameaça de morte
Destaques - Internacional - 13 de outubro de 2021

Da-Yeong Lee agora é investigada por ameaça de morte

A levantadora sul-coreana está sendo processada pelo ex-marido

A mídia sul-coreana revelou, neste início de semana, mais um caso polêmico envolvendo as irmãs Lee. Da-Yeong Lee é acusada de violência doméstica, com ameaça de morte.

A levantadora Da-Yeong é investigada por ter ameaçado de morte o ex-marido, com quem se casou secretamente em 2018. O nome dele é mantido anônimo sob a lei coreana e o próprio relatou o incidente. Segundo ele, um ano após o casamento, houve caso de abuso verbal e agressão física, motivando o pedido de divórcio. Na investigação, a polícia recebeu mensagens de SMS com supostas ameaças de morte feitas por Da-Yeong contra ele.

Segundo os relatos da mídia sul-coreana, o ex-marido da levantadora recebe tratamento psicológico e exige uma indenização de mais de R$ 2 milhões.

Atualmente, as irmãs Jae-Yeong e Da-Yeong esperam a liberação para a transferência para o Paok, da Grécia. As duas estão proibidas de jogar na Coreia do Sul tanto por clubes quanto pela seleção desde a revelação de casos de bullying escolar. Com intervenção da Federação Internacional (FIVB), a transferência para o exterior depende da obtenção dos vistos para trabalho na Grécia.

 

Veja também

Claudinha eleita a MVP do Sul-Americano de Clubes

A levantadora do Dentil Praia Clube, Claudinha foi a MVP do Campeonato Sul-Americano Femin…