Milena
Home Destaques Milena e Giovana ganham elogios de Bernardinho
Destaques - Estaduais - 23 de outubro de 2021

Milena e Giovana ganham elogios de Bernardinho

Ponta e levantadora saíram do banco e foram decisivas na conquista do Carioca

O Sesc RJ Flamengo precisou do banco de reservas para conquistar seu 17º título do Campeonato Carioca feminino de vôlei, nesta sexta-feira. A ponta Milena e a levantadora Giovana foram protagonista no triunfo sobre o Fluminense, no golden set.

Com muitas modificações feitas ao longo da partida, Bernardinho precisou contar com seu elenco para tentar fazer sua equipe responder em quadra. O treinador do Sesc RJ Flamengo utilizou praticamente todo o elenco disponível para o jogo, com exceção da líbero reserva Marcelle. Durante o jogo, trocou Juma por Giovana, Valquíria por Milka, Maira por Milena, inverteu o 5-1 com Sabrina no lugar de Monique, e até com Ariele substituindo a oposto titular.

E Milena, uma das apostas de Bernardinho, acabou saindo de quadra eleita a melhor da partida. A jovem ponteira havia sido relacionada para o primeiro jogo, esteve com o elenco em quadra, mas não foi chamada para a partida efetivamente. Nesta sexta, no entanto, brilhou, principalmente no Golden Set.

– Nada melhor do que estrear com título. Eu fui muito bem acolhida pelas meninas que estavam em quadra e consegui transformar toda a minha ansiedade em força. Acabei passando isso para elas, essa alegria e talvez fosse isso que faltava para o time naquele momento. Agora que acabou o jogo, vem a emoção. E veio o alívio também. O Bernardo sempre fala que o nosso forte é o grupo e foi isso. Vencemos como grupo – disse Milena.

Bernardinho fez uma avaliação sincera do que viu em quadra. O treinador sabe que foi uma atuação bem abaixo do que poderia, mas enalteceu o rival, que mostrou muito valor.

– O Fluminense veio mais solto, jogando sem responsabilidade, soltas, depois de terem perdido no primeiro jogo. Uma equipe muito dinâmica, de muita garra, muita vontade, defendendo demais. E nós sofremos muito. Faltou regularidade, entrosamento… Trocamos muito, tentamos trocar o ritmo de jogo e, no final, nos concentramos para ganhar o golden set, que valia o título – analisou Bernardinho, elogiando suas atletas, em especial a ponteira Milena.

– Algumas jogadoras importantes perderam um pouco a lucidez, outras mudanças foram estratégicas. Importante destacar que as meninas que entraram, jogaram bem. Giovana fez uma excelente partida e a Milena fez uma bela estreia. De fato. Foi excelente vê-la num jogo tenso, e vê-las assim. Não vai ser fácil, o jogo mostrou algumas fragilidades nossas e podemos trabalhar em cima disso. O que é bom, porque se tivesse ganho e não tivesse visto nada, seria pior. Vamos seguir – finalizou.

Veja também

Mundial de Clubes: venda física de ingressos em Betim

Faltam apenas sete dias para começar o Campeonato Mundial de clubes masculino. Anfitrião d…