Minas Sul-Americano
Home Internacional Minas vence o Brasília de virada na estreia do Sul-Americano
Internacional - 21 de outubro de 2021

Minas vence o Brasília de virada na estreia do Sul-Americano

O Itambé Minas sofreu mais do que imaginava, mas acabou derrotando o Brasília Vôlei por 3 sets a 1, de virada – parciais de 23-25, 25-22, 25-15, 25-20 -, na noite desta quinta-feira, no Ginásio Sesc Taguatinga, no Distrito Federal, na estreia dos dois times no Campeonato Sul-Americano Feminino de Clubes 2021. Cinco times participam do torneio. Os dois primeiros colocados garantem vaga no Mundial de Clubes, que será disputado entre os dias 15 e 19 de dezembro, em Ankara, na Turquia. Veja aqui a tabela do Sul-Americano.

O Minas folga nesta sexta e volta à quadra no sábado para enfrentar o Club Olímpia, do Uruguai, às 19h. O Brasília recebe o Dentil Praia Clube amanhã, também às 19h. Na sequência, às 21h, jogam Olímpica x San Martín, da Bolívia.  No outro jogo da noite, o Praia derrotou o Oímpia por 3 a 0.

O técnico Nicola Negro escalou o Minas com a formação titular, com Cuttino na saída e Ozsoy e Pri Daroit nas pontas, mesma equipe que atuou na derrota para o Praia, segunda-feira, na decisão da Supercopa.

O time mineiro vinha de duas derrotas consecutivas por 3 a 0 para o maior rival com atuações preocupantes. Não que a equipe tenha feito uma grande apresentação nesta quinta, contra o Brasília, mas errou menos e Pri Daroit foi mais regular no ataque. O passe, no entanto, ainda está muito instável e a defesa minastenista segue muito presa, a bola cai fácil no lado do atual campeão da Superliga. Nem Leia, conhecida por sua regularidade, tem ido bem na defesa. Ozsoy ainda deve uma boa atuação, não só na recepção, mas principalmente no ataque. Não pontua e erra muito. Cuttino alternou bons e maus momentos dentro da partida. Vira bolas difíceis e depois engata uma série de erros bobos.

O Brasília foi valente nos dois primeiros sets e na metade do quarto. Sacou bem e contou com a eficiência das suas centrais para pontuar. Arianne virou bolas importantes, mas também cometeu erros em momentos cruciais dos sets. De forma geral, Brasília cometeu erros demais nas bolas de segurança principalmente com Natália e Carol.

A vitória praticamente classifica o Minas para o Mundial, já que os outros dois times estrangeiros do torneio são muito fracos. A briga agora é pelo título e pela honra de não perder a terceira partida consecutiva para o Praia, encontro que acontecerá na próxima segunda-feira.

BRASÍLIA – Ana Cristina, Arianne, Edna, Aline, Paquiardi, Natália e Ju Paes  (líbero). Entraram: Neneca, Sara, Maynara, Ana Caroline, Vitória e Mimi Sosa. Técnico: Rogério Portela

ITAMBÉ MINAS: Macris, Cuttino, Thaisa, Gattaz, Pri Daroit, Ozsoy e Leia  (líbero). Entraram: Pri Souza, Kisy, Pri Heldes. Técnico: Nicola Negro.

Confira a tabela  do Sul-Americano:

Brasília 1 x 3 Itambé/Minas (25-23, 22-25, 15-25, 20-25)
21/10 – 21h: Dentil/Praia Clube x Club Olímpia (URU)

22/10 – 19: Dentil/Praia Clube x Brasília
22/10 – 21h: Club Olímpia (URU) x San Martín (BOL)a

23/10 – 19h: Itambé/Minas x Club Olímpia (URU)
23/10 – 21h: Dentil/Praia Clube x San Martín (BOL)

24/10 – 19h: Itambé/Minas x San Martín (BOL)
24/10 – 21h: Brasília x Club Olímpia (URU)

25/10 – 19h: Brasília x San Martín (BOL)
25/10 – 21h: Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube

Veja também

Brasil vence e está na final do Pan-Americano Júnior

A Seleção Brasileira Masculina sub-23 está na final dos Jogos Pan-Americanos Júnior, em Ca…