Negro
Home Destaques Negro ainda vê covid refletindo em quadra no Minas
Destaques - Supercopa - 19 de outubro de 2021

Negro ainda vê covid refletindo em quadra no Minas

Técnico italiano admite atuações abaixo do esperado diante do Praia

O Itambé/Minas ainda não conseguiu mostrar seu potencial na temporada 2021/2022. Nas duas derrotas para o Dentil/Praia Clube, no Campeonato Mineiro e na Supercopa, o time não venceu sets. Para o italiano Nicola Negro, o momento atual do time de Belo Horizonte reflete os problemas de covid. Quatro jogadoras (Pri Daroit, Dani Cuttino, Neriman Oszoy e Pri Heldes) precisaram ser afastadas por 15 dias e se juntaram ao grupo na véspera do primeiro duelo contra o arquirrival de Uberlândia, no último fim de semana.

– É claro que não estamos satisfeitos com o nosso desempenho e ficamos tristes pelo público, que merecia ver uma performance melhor. Parabéns ao Praia por estar jogando um bom voleibol, mas no momento sabemos que estamos abaixo no que se refere aos aspectos físicos e técnicos. Algumas atletas ficaram 15 dias isoladas e isso está refletindo em quadra, mas não podemos lamentar. Agora é pensar na frente, porque em três dias vamos estrear no Sul-Americano que é um dos nossos objetivos na temporada – analisa Negro.

De Santa Catarina, a delegação do Itambé/Minas embarca rumo à Brasília (DF), onde vai defender o título do Sul-Americano (confira a tabela completa). A equipe conquistou as últimas três edições da competição, consecutivamente em 2018, 2019 e 2020, e também foi campeã nos anos 1999 e 2000. O Minas estreia na quinta-feira contra o anfitrião Brasília. Serão quatro partidas na competição.

Os dois primeiros colocados no Sul-Americano carimbarão o passaporte para o Campeonato Mundial da Turquia, que será jogado em dezembro.

Veja também

Mundial de Clubes: venda física de ingressos em Betim

Faltam apenas sete dias para começar o Campeonato Mundial de clubes masculino. Anfitrião d…