Superliga
Home Destaques Superliga começa com vitória do Sada Cruzeiro
Destaques - Superliga - 23 de outubro de 2021

Superliga começa com vitória do Sada Cruzeiro

Em casa, o time mineiro superou o Farma Conde/São José em sets diretos

O Sada Cruzeiro, mais uma vez um dos favoritos ao título da Superliga masculina de vôlei, abriu a temporada 2021/2022 da competição com vitória convincente. No Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), triunfo sobre o Farma Conde/São José por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 25-20 e 25-21.

O primeiro VivaVôlei da Superliga ficou com o ponteiro Rodriguinho, do time cruzeirense. O oposto Wallace terminou a partida com 14 pontos, todos no ataque, com 61% de aproveitamento. O cubano López veio a seguir com 12. Pelo time de São José dos Campos, Renan Buiatti finalizou com 13.

Para o torcedor do Sada Cruzeiro, o resultado tem um gostinho de vingança. Nas quartas de final da Superliga passada, o projeto paulista, na época Vôlei UM/Itapetininga, surpreendeu ao eliminar os mineiros. O revés marcou, inclusive, o fim da vitoriosa era Marcelo Mendez.

Filipe, o ponteiro que assumiu o comando do Cruzeiro, viu o time ter dificuldade até a metade dos dois primeiros sets. Em ambos, a vantagem segura só apareceu no placar em momentos de variação do saque: o conhecido forçado deu lugar ao flutuante, principalmente com López. A recepção do Farma Conde/São José teve momentos de oscilação, facilitando o aparecimento do bloqueio celeste em Renan Buiatti, o principal definidor do time.

Peu Uehara, comandante do time paulista, chegou a perder a paciência nos pedidos de tempo. No terceiro set, o Sada Cruzeiro foi dominante do início ao fim para fechar em 3 a 0.

– Acho que cumprimos nosso papel, saindo com 3 a 0. Mas fomos um pouco instáveis no início dos sets, melhorando no final. Sabemos que se dermos mole é difícil de buscar em algumas situações – comentou Rodriguinho.

– Nos dois primeiros sets, começamos devagar. E isso é perigoso, deixando para buscar no final, abrindo só depois do 20 a 20. No terceiro, tivemos mais consistência no saque e facilitou – emendou Wallace.

Agora a Raposa vira a chave para se concentrar na Supercopa. O rival pelo título nacional será a Funvic/Educacoin/Natal (RN), na próxima terça-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no ginásio Júlio Domingos de Campos, em Várzea Grande (MT).

Pela Superliga, no próximo sábado, o Farma Conde/São José voltará a Minas Gerais para enfrentar o Fiat/Gerdau/Minas, às 20h, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. No mesmo dia, às 19h, novamente no Ginásio do Riacho, o Sada Cruzeiro receberá o Vôlei Renata, com SporTV2 ao vivo.

 

Veja também

Brasília vence o Uberlândia em jogo isolado do domingo

O Brasília conquistou a sua segunda vitória na Superliga Masculina de Vôlei 2021/22, ao de…