Vakifbank
Home Destaques Vakifbank vence o clássico contra o Eczacibasi em 5 sets
Destaques - Internacional - 12 de outubro de 2021

Vakifbank vence o clássico contra o Eczacibasi em 5 sets

No clássico pela segunda rodada do Turco 2021/2022, time de Gabi levou a melhor

O grande clássico entre Vakifbank e Eczacibasi entregou o que se esperava dele nesta terça-feira, pela segunda rodada do Campeonato Turco feminino. Em um jogo com muitas alternâncias, vitória da equipe dirigida por Giovanni Guidetti por 3 sets a 2, parciais de 25-23, 16-25, 23-25, 25-19 e 15-11.

Com o resultado, o Vakifbank soma dois triunfos e cinco pontos na competição. O Eczacibasi, após o primeiro revés, tem quatro pontos.

O duelo na casa do Eczacibasi foi bem diferente da final da Supercopa Copa, dias atrás. Desta vez não existiu uma supremacia absoluta do Vakifbank. Pelo contrário. O equilíbrio foi a tônica do clássico, com todos os fundamentos com estatísticas muito semelhantes.

Guidetti, sem poder contar com a americana Barstch-Hackley, poupada, usou as três vagas disponíveis para estrangeiras com a sueca Haak, a brasileira Gabi e a também americana Ogbogu. Senoglu foi a outra ponteira escalada, mas durante o jogo deu lugar para a compatriota Derya Cebecioglu, mais estável no passe e no ataque. Bartsch entrou apenas para crescer a rede no lugar de Gabi em rápidas passagens.

Já Ferhat Akbas montou seu tripé estrangeiro com as sérvias Boskovic e Ognjenovic e a belga Heyrman. A ponteira americana Mckenzie Adams entrou em alguns momentos, em uma dupla troca que incluía a saída da central Heyrman.

Na disputa entre as maiores pontuadoras, Tijana Boskovic ficou na frente de Isabelle Haak. A sérvia anotou 31 pontos, 29 deles no ataque, com 49% de aproveitamento. Os dois outros acertos foram no bloqueio. Já a sueca finalizou o jogo com 29 pontos: 25 no ataque (49%), um ace e três blocks.

Gabi anotou 11 pontos, mas com baixo índice de acerto no ataque: 25%. Ela ainda fez um ponto no saque e outro no bloqueio. No passe, ela teve 75% de positividade, melhor número entre as responsáveis pelo fundamento.

Na próxima rodada, o Vakifbank terá outra pedreira pela frente: o Fenerbahce, de Fedorovtseva e Ana Cristina, outro invicto na competição. O confronto será no sábado. O Eczacibasi buscará a reabilitação diante do Sariyer, no mesmo dia.

 

Veja também

Mundial feminino de clubes tem os seis classificados

O encerramento do Campeonato Sul-Americano feminino, em Brasília, na noite desta segunda-f…