Vôlei Renata
Home Destaques Vôlei Renata vira sobre o Sesi e está na final
Destaques - Estaduais - 9 de outubro de 2021

Vôlei Renata vira sobre o Sesi e está na final

O Vôlei Renata venceu o jogo de volta da semifinal e também o golden set para seguir buscando o bi do Paulista

Foi de virada e com emoção e, no golden set, o Vôlei Renata garantiu vaga na final do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei 2021. Com grande atuação de Lucão e Adriano, o time campineiro derrotou o Sesi SP das vezes neste sábado, no Ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), para garantir vaga na decisão. A primeira vitória foi por 3 sets a 1 – parciais de 17-25, 25-16, 25-22, 25-21 -, pelo segundo jogo da semifinal, devolvendo a derrota sofrida na primeira partida, na Vila Leopoldina. E, no golden set, os donos da casa voltaram a vencer (25/14) para fazer a festa com a sua apaixonada torcida, de volta ao ginásio pela primeira vez desde o início da pandemia.

O adversário na final será o Vedacit Guarulhos que, na sexta-feira, eliminou o Farma Conde São José com a vitória por 3 sets a 2. O Vôlei Renata busca o seu segundo título do Estadual, depois de ter vencido o Taubaté na decisão do ano passado. O time de Guarulhos chega a sua primeira final desde a criação da equipe, em 2018.

O primeiro jogo será na próxima quarta-feira, às 21h30, em Guarulhos e o segundo no dia 18.10 (segunda-feira), às 19h, no Ginásio do Taquaral. Em caso de uma vitória para cada lado, o título será decidido no golden set. Os dois confrontos serão transmitidos pelo SporTV.

Na disputa entre dois das duas das grandes revelações recentes do vôlei brasileiro – Adriano e Darlan -, o ponteiro campineiro levou a melhor e avançou na final. Darlan terminou o jogo com 26 pontos e Adriano marcou 25. Os dois, que têm 19 anos, estiveram juntos defendendo a Seleção Brasileira no Mundial Sub-21 que acabou no último domingo, na Itália. O Sesi não conquista o Paulista desde o tricampeonato de 2013 (2011, 2012, 2013).

O jogo

O Sesi SP venceu o primeiro set com facilidade. Com um saque agressivo, bagunçou a recepção e consequentemente a distribuição do Vôlei Renata. Nos contra-ataques, Darlan era mortal, comandando a vitória por 25 a 17. Marcos Pacheco mexeu no time e começou a segunda parcial com o levantador Cristiano no lugar de Demian González e o ponteiro Temponi no de Bruno Canuto. Os donos da casa melhoraram o passe e a virada de bola. O oposto Evandro, ainda irregular, começou a entrar no jogo. Adriano assumiu o protagonismo da equipe campineira, enquanto o seu companheiro de Seleção Brasileira de base, Darlan, caiu de produção. O Vôlei Renata impôs um ritmo forte nos contra-ataques para empatar a partida com a vitória por 25 a 16.

O Sesi SP não se intimidou com a derrota e voltou bem na terceira parcial, amortecendo os ataques campineiros e pontuando nos contra-ataques. Chegou a abrir 21 a 18 no placar, mas numa boa passagem de Temponi no saque e com Evandro comandando os contra-ataques, o Vôlei Renata conseguiu virar o marcador e fechou o set em 25 a 22.

Os anfitriões mantiveram o ritmo forte no quarto set e abriram quatro pontos de vantagem. O técnico Anderson Rodrigues trocou Birigui por Murilo e o Sesi SP encostou. Mas, a equipe de Campinas foi mais eficiente na virada de bola e, com um bom volume de jogo, principalmente com o líbero Alê, aproveitou os contra-ataques para fechar a parcial em 25 a 21.

O resultado forçou o golden set e o Vôlei Renata reinou absoluto. Contou com um caminhão de erros do lado do Sesi SP e da atuação decisiva de Lucão e Adriano para fazer 25 a 14 no set desempate e carimbar a vaga na final.

Vôlei Renata: Demian González, Evandro, Lucão, Barreto, Bruno Canuto, Adriano e Alê (líbero). Entraram: Cristiano, Nasser, Temponi, Félix e Judson. Técnico: Marcos Pacheco

Sesi SP: Brasília, Darlan, Vinícius, Eder, Birigui, Guiga e Pureza (líbero). Entraram: Léo, Matheus, Murilo e Marcos. Técnico: Anderson Rodrigues.

Veja também

Reservas do Praia batem o San Martin por 3 a 0

O Dentil Praia  Clube nem precisou da sua força máxima para vencer, com facilidade, o San …