Osasco
Home Destaques Osasco bate Bauru de virada no Liberatti
Destaques - Superliga - 26 de novembro de 2021

Osasco bate Bauru de virada no Liberatti

Osasco fez valer a força do caldeirão do Liberatti para derrotar Bauru e se manter na terceira colocação

Finalistas do Campeonato Paulista de 2021, Osasco São Cristóvão Saúde e Sesi Bauru protagonizaram mais um grande jogo, desta vez pela Superliga Feminina de Vôlei. Na noite desta sexta-feira (26.11), diante de um José Liberatti lotado, as donas da casa venceram por 3 sets a 2, de virada – parciais de 22-25, 25-19, 23-25, 25-21, 15-9 – e mantiveram a terceira colocação na tabela, agora com 16 pontos. O Sesi Bauru continua na quarta colocação, com 14 pontos. O Dentil Praia Clube lidera, com 23 pontos, seguido pelo Itambé Minas, que tem 20. Os dois times mineiros, no entanto, têm uma partida a mais.

No duelo entre as maiores pontuadoras da Superliga, Tifanny levou a melhor. Não só porque comandou a vitória de Osasco, mas também porque terminou o jogo com 27 pontos, três a mais que a oposta Nia Reed, de Bauru, que também foi a maior pontuadora do seu time, com 24 acertos. Nas estatísticas, no entanto, a norte-americana segue na frente por três pontos: 150 a 147.

Com 15 pontos e uma atuação muito consistente no fundo de quadra e agressiva no saque e no ataque, a ponteira Carla foi eleita a melhor da partida e faturou o Troféu Viva Vôlei.

– O importante hoje era ganhar, não importava se era por 3 a 0, 3 a 1 ou 3 a 2 -, disse Carla, que foi ovacionada pela torcida e também pelas companheiras, que abraçaram assim que ela foi anunciada como MVP.

A atacante de Osasco marcou, sozinha, o que as duas ponteiras do Sesi Bauru marcaram juntas. Suelle terminou a partida com 8 pontos (26% de aproveitamento no ataque) e Drussyla com 7 (23% de aproveitamento).

Osasco foi mais eficiente na virada de bola, principalmente nos quarto e quinto sets, quando contou com os erros do Sesi para comandar o placar. Na terceira parcial, Bauru vencia por 19 a 10, mas permitiu a reação das anfitriãs e quase perde o set. A levantador Kenya entrou a partir do quarto set no lugar da titular Fabíola e ajudou a comandar a vitória.

As atuais campeãs paulistas marcaram 65 pontos de ataque, 5 de saque, 11 de bloqueios e cometeu 31 pontos. Bauru fez 47 pontos de ataque, 8 de saque, 16 de bloqueio e cedeu 26 pontos em erros.

O Sesi Bauru volta a jogar dia 6 de dezembro contra o Itambé Minas, em Belo Horizonte, pela nona rodada, com transmissão pelo SporTV. Osasco enfrenta o Brasília apenas no dia 10, em Bauru, pela oitava rodada, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. Confira aqui a programação da semana e os jogos que serão transmitidos.

OSASCO SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE: Fabíola, Tifanny (27), Fabiana (8), Rachael Adams (17), Michelle (10), Carla (15) e Camila Brait (líbero). Entraram: Kenya (3), Saraelen, Camila Paracatu e Keyla (1). Técnico: Luizomar de Moura

SESI BAURU: Dani Lins (2), Nia Reed (24), Adenízia (12), Mayany (17), Drussyla (7), Suelle (8) e Nyeme (líbero). Entraram: Pâmela, Thaisinha e Mara (1). Técnico: Rubinho.

Veja também

Bauru vence o clássico e vai à semifinal da Copa Brasil

O Sesi Bauru está na semifinal da Copa Brasil Feminina de Vôlei 2022. O time do técnico Ru…