Ceren
Home Superliga Ceren pode estrear por Osasco diante do Sesc RJ Flamengo
Superliga - 20 de janeiro de 2022

Ceren pode estrear por Osasco diante do Sesc RJ Flamengo

O Osasco/São Cristóvão Saúde recebe o Sesc RJ Flamengo nesta sexta-feira, (21/1), às 21h, no ginásio José Liberatti, embalado pela classificação para a semifinal da Copa Brasil (vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense). O clássico mais tradicional do vôlei feminino é válido pela segunda rodada do returno da Superliga 2021/2022 e o Sportv2 transmite ao vivo. Uma novidade será a ponteira/oposta turca Ceren Kapucu Kestirengöz, liberada para fazer sua estreia.

No início da semana, Ceren acompanhou a vitória sobre o Flu, no Liberatti. Vencidos os trâmites burocráticas, ela passa a ser opção na escalação.

A equipe do técnico Luizomar de Moura entra em quadra para defender a vice-liderança da Superliga. Com nove vitórias em dez partidas, Osasco soma 24 pontos. O Flamengo está em sétimo lugar, com 19 pontos (seis resultados positivos e cinco negativos). No primeiro turno, as paulistas venceram 3 sets a 0.

– O duelo entre Osasco e Rio de Janeiro sempre é um clássico, garantia de um jogo muito equilibrado e cheio de emoção. Acredito que não será diferente desta vez. A vitória nas quartas de final da Copa Brasil contra o Fluminense foi importante para começar a dar ritmo e mostrar pontos que devemos ter atenção para evoluir na retomada da Superliga. Vamos entrar em quadra concentradas para seguir o plano tático elaborado pela comissão técnica. Sacar bem e ser eficiente no sistema defensivo vai ser muito importante para gerar os contra-ataques que nos darão a vitória – afirma Camila Brait.

Osasco faz o primeiro jogo pela Superliga em 2022 já na segunda rodada. Isso porque algumas partidas foram adiadas em função dos casos de Covid-19 em vários times. Com isso, os jogos atrasados ficaram nas seguintes datas: contra o Itambé Minas (válido pela 10ª rodada do primeiro turno) será dia 25 de fevereiro; diante do Fluminense (1ª rodada do returno), no dia 15 de fevereiro.

Veja também

Bernardinho e Venturini entram para o Hall da Fama

O Brasil terá mais dois representantes no Hall da Fama do vôlei. O técnico Bernardinho e a…