Bandsports
Home Destaques Minas vence o Vôlei Renata e segue invicto na Superliga
Destaques - Superliga - 23 de janeiro de 2022

Minas vence o Vôlei Renata e segue invicto na Superliga

O Fiat Gerdau Minas derrotou o Vôlei Renata por 3 a 1 e manteve a invencibilidade de 12 jogos na Superliga

O Fiat Gerdau Minas manteve a invencibilidade na Superliga Masculina de Vôlei 2021/22. Venceu o Vôlei Renata, na noite deste domingo, por  3 sets a 1 – parciais de 25-17, 20-25, 25-17, 25-23 -, na Arena do Minas, em Belo Horizonte (MG), pela terceira rodada do returno, e segue na liderança isolada da competição, agora com 36 pontos em 12 jogos. A equipe campineira se manteve em quinto, com 23 pontos em 13 partidas.

O ponteiro Honorato, do Minas, marcou 16 pontos e foi eleito o melhor em quadra, faturando o Troféu Viva Vôlei.

– Tivemos uns altos e baixos durante o jogo e soubemos lidar com a ansiedade – disse  Honorato, em entrevista ao SporTV depois da partida.

O oposto do Minas, o cubano Sanchez, foi o maior pontuador da partida, com 21 acertos. Leozinho foi outro destaque dos donos da casa, com 18 pontos. Pelo  Vôlei Renata, Nasser marcou 15 pontos e Adriano, 14.

O capitão do Vôlei Renata, o argentino Demian González, lamentou a derrota:

– Enfrentamos um rival que vem muito bem  na Superliga. Em alguns momentos jogamos um bom vôlei, mas nos finais dos sets, nos detalhes, o Minas foi melhor que  a gente. Difícil, porque a gente queria muito o resultado positivo. Temos de parabenizar eles, que estão jogando um voleibol muito certinho e também tivemos os desfalques do Evandro e do Lucão – disse González.

Minas e Vôlei Renata tiveram desfalques importantes nesta noite. A equipe mineira não contou com o oposto Leandro Vissotto, maior pontuador da equipe na Superliga, poupado depois de sentir o ombro direito na última partida.

O time campineiro não teve os campeões olímpicos Lucão e Evandro, que estavam no banco de reservas, mas foram poupados. O oposto, que sentiu o cotovelo direito na partida contra o Sada Cruzeiro, há uma semana, ficou no banco à disposição, mas Nasser foi o titular. Judson e Barreto foram os centrais titulares do Vôlei Renata neste domingo.

O Minas começou o jogo muito bem, com um volume de jogo acima da média, levantando muita bola para a boa distribuição do levantador William. No segundo set, a recepção sofreu. O Vôlei Renata conseguiu encaixar boas sequências de saque e, jogando mais pelas pontas, o Minas acabou bem marcado pelo adversário, que pontuou bem nos contra-ataques empatando a partida em 1 a 1.

No terceiro set, o Minas voltou mas estratégico no ataque, sem encarar tanto o bom bloqueio dos centrais do time de Campinas. O Vôlei Renata cometeu erros no seu side out e os anfitriões conseguiram vencer a parcial com tranquilidade: 25 a 17. O quarto set foi o mais equilibrado, com as duas equipes se alternando na frente do marcador, sem deixar o outro escapar.  González usou bastante os seus centrais, enquanto o Minas contou com a regularidade dos seus ponteiros Leozinho e Honorato. A equipe mineira venceu o set por 25 a 23 para fechar o jogo e manter a ótima fase na temporada.

O Minas sacou melhor. Foram 8 aces, contra nenhum do Vôlei Renata. O time mineiro marcou 5 pontos de bloqueio, contra 4 da equipe campineira. Os donos da casa marcaram 60 pontos de ataque e cederam 26 pontos em erros. Já a equipe campineira fez 52 pontos de ataque e errou 22 vezes.

Os dois times se concentram agora na disputa da Copa Brasil, a partir da próxima quinta-feira, na cidade catarinense de Blumenau. Pelas semifinais, o Minas enfrenta o Vedacit Guarulhos e o Vôlei Renata encara o Sada Cruzeiro. Veja aqui a tabela da Copa Brasil e os jogos da Superliga que serão televisionados nesta semana. A decisão do título será na sexta-feira. As semifinais da Copa Brasil feminina serão no domingo e a final, na segunda-feira (31.01).

Pela Superliga, o Minas só volta a jogar na segunda-feira (31.01), contra o Farma Conde São José, em São José dos Campos (SP), às 17h, com transmissão pelo SporTV. O Vôlei Renata recebe o Montes Claros América no dia 6 de fevereiro, no Ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), também com transmissão pelo SporTV.

 

Veja também

Bernardinho e Venturini entram para o Hall da Fama

O Brasil terá mais dois representantes no Hall da Fama do vôlei. O técnico Bernardinho e a…