Pinheiros
Home Destaques Pinheiros vence o Curitiba e se mantém no G8
Destaques - Superliga - 21 de janeiro de 2022

Pinheiros vence o Curitiba e se mantém no G8

O Pinheiros derrotou o Curitiba em casa e abriu 5 pontos em relação ao primeiro time fora do G8, o Brasília

O Pinheiros sofreu no terceiro set, mas acabou derrotando o Curitiba por 3 sets a 0 – parciais de 25-16, 25-22, 27-25 -, na noite desta sexta-feira, no Ginásio Henrique Villaboin, em  São Paulo (SP), pela segunda rodada do returno da Superliga Feminina de Vôlei 2021/22 e se firma cada vez mais no G8. O time do técnico Reinaldo Bacilieri manteve-se na oitava colocação, agora com 18 pontos em 13 jogos, cinco pontos à frente do Brasília, primeiro time fora do grupo de classificação.

O Curitiba manteve-se na 11ª posição, com 6 pontos. A venezuelana Valdez, da equipe paranaense, foi a maior pontuadora do jogo com 15 pontos (13 de ataque, 2 de bloqueio e 35% de aproveitamento no ataque). Os destaques do Pinheiros foram Sonaly, com 12 pontos, além da oposta Edinara e da central Gabi, que contribuíram com 11 pontos casa uma. O Troféu Viva Vôlei ficou com a líbero Kika,

O Curitiba deu trabalho nos dois sets finais, especialmente no terceiro, quando chegou a ter o set point. Mas, errou muitos saques na reta decisiva da parcial e acabou recolocando o Pinheiros no jogo. Mais experiente, o time paulista conseguiu voltar a pontuar e fechou o set em 27 a 25.

– A gente sabe da evolução que o time de Curitiba teve desde o nosso primeiro confronto contra elas. Hoje a peça fundamental foi o conjunto. Tivemos uns errinhos no final, mas o que fez a diferença foi o conjunto. A gente está na busca. Ainda estamos buscando ritmo. Tivemos 8, 9 meninas que pegaram covid. Esse jogo foi essencial também para a gente recuperar a confiança e voltar ao ritmo que a gente estava. Nosso próximo jogo é contra Barueri, um jogo mais pegado, confronto direto, esses errinhos de hoje não podem acontecer – disse a líbero do Pinheiros em entrevista a TV NSports depois da partida.

A campeã olímpica Valeskinha, destaque do Curitiba, aos 44 anos, comentou a derrota:

– Estamos nos estruturado a cada jogo. A cada jogo a gente sai com uma formação diferente. A gente não conseguiu ainda achar uma e treinar essa formação mas a equipe já mostrou que tem voleibol para jogar. Eu só espero que a gente jogue como jogou no terceiro set . Perdemos por detalhe. Voleibol é jogado, não tem jeito. Nos momentos importantes a gente conseguia levar pressão do ou trolado, mas errava saque. Precisamos nos concentrar mais e se mais estratégicos.

O Curitiba volta a jogar na próxima segunda-feira contra o Sesi Bauru, no Paraná, às 17h, com transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. No mesmo dia, o Pinheiros enfrenta o Barueri, às 18h30, no José Correa, com transmissão pelo SporTV. Veja aqui a programação do vôlei na semana com as transmissões.

 

Veja também

Bernardinho e Venturini entram para o Hall da Fama

O Brasil terá mais dois representantes no Hall da Fama do vôlei. O técnico Bernardinho e a…