Sesi
Home Superliga Sesi-SP estreia na Superliga B com base do Bauru
Superliga - 21 de janeiro de 2022

Sesi-SP estreia na Superliga B com base do Bauru

Estreia na Superliga B feminina será contra o tradicional São Caetano

Composta por atletas das categorias de base sub-19 e sub-21 do Sesi Bauru, a equipe feminina sub-21 do Sesi-SP estreia na Superliga B feminina 2022 nesta sexta-feira, dia 21, às 19h30, diante do Energis 8/São Caetano, no ginásio Milton Feijão, em São Caetano do Sul.

A competição será disputada em três fases: classificatória, semifinal e final. Na classificatória, as dez equipes participantes formarão um grupo único, jogando todos contra todos. Avançam às semifinais os quatro times mais bem colocados na primeira fase, que disputarão as vagas à final no sistema de playoff melhor de três jogos. O campeão será decidido em partida única, com os finalistas também conquistando o direito de subirem à Superliga A na temporada seguinte. Já os quatro últimos colocados descem à Superliga C.

A disputa da Superliga B 2022 integra a filosofia do Sesi-SP de não apenas estimular o vôlei de base dando mais “rodagem” às atletas, mas também de auxiliar a equipe profissional adulta feminina com jovens talentos.

– Estamos muito motivados e empolgados para a estreia. Temos um grupo muito jovem, com todas as meninas das categorias de base sub-21 e sub-19. Vai ser uma experiência bacana. A ideia do Sesi-SP é a de que possamos dar bagagem e experiência para essas meninas jogando uma Superliga B em um nível muito alto e com equipes formadas para serem campeãs. Esperamos tirar bastante proveito para que essas meninas, em um futuro próximo, possam compor a equipe adulta profissional – destaca Eduardo Gonçalves, técnico da equipe sub-21 do Sesi-SP.

A equipe feminina sub-21 de voleibol do Sesi-SP é composta pelas seguintes atletas: Istefani Silva, Isabely Faria, Ariane Guilherme, Katia Silva, Iolanda Tercariol, Milena Souza, Sarah Andersen, Gabriela Santin, Laissa Rosa, Laura Muller, Ana Lidia Chrisfoletti, Taina Anschau, Giovanna Rodrigues, Tais Sartori, Thays Oliveira e Camila Brandalise.

Veja também

Bernardinho e Venturini entram para o Hall da Fama

O Brasil terá mais dois representantes no Hall da Fama do vôlei. O técnico Bernardinho e a…