Alemanha Polônia
Home Destaques Alemanha, de Heynen, bate a Polônia, de Lavarini
Destaques - Internacional - 24 de maio de 2022

Alemanha, de Heynen, bate a Polônia, de Lavarini

Alemãs perdiam o tie-break por 14 a 9 e conseguiram a virada

Em um esquenta de duas seleções europeias femininas, a Alemanha levou a melhor sobre a Polônia, em amistoso realizado nesta terça-feira, na cidade de Gliwice. Com um final surpreendente, melhor para as comandadas por Vital Heynen, vencedoras do teste de virada sobre o time de Stefano Lavarini por 3 sets a 2, parciais de 19-25, 20-25, 27-25, 25-19 e 16-14.

Os dois treinadores estão iniciando novos trabalhos. Heynen trabalhava com a seleção masculina polonesa até o fim do último ciclo olímpico, enquanto Lavarini liderou a Coreia do Sul ao quarto lugar no torneio feminino de vôlei em Tóquio.

Em comum também, os desfalques. Lavarini, que já não contava com a oposto Smarzek, perdeu Stysiak por lesão na semana passada. A levantadora e capitã Wolosz ainda não se apresentou, por ter encerrado apenas domingo a temporada de clubes com o Conegliano. Já o belga viu o grande nome dos últimos anos se aposentar da seleção alemã: Louisa Lippmann. Semanas atrás, ele também perdeu a levantadora Imoudu, outra que deixou as quadras. Desta forma, o momento é de reconstrução.

A Polônia teve como destaque na partida, de acordo com relatos da mídia local, a ponteira Olivia Rozanski. Já a Alemanha contou com boa atuação da também ponteira Lena Stigrot. Lavarini aproveitou para rodar todas as jogadoras à disposição, descansando titulares após o terceiro set. Já Heynen manteve a força máxima do início ao fim.

E o surreal aconteceu no tie-break. As polonesas tiveram 14 a 9, não conseguiram fechar e viram as alemãs marcarem sete pontos seguidos, virando de forma espetacular para o fechamento em 16-14. Nesta quarta-feira, novo amistoso preparatório para a Liga das Nações, na cidade de Nysa (POL).

Polônia: Agnieszka Kakolewska, Kamila Witkowska, Olivia Rozanski, Zuzanna Gorecka, Weronika Szlagowska, Katarzyna Wenerska, Maria Stenzel (líbero). Entraram: Martyna Czyrnianska, Klaudia Alagierska, Alicja Grabka, Weronika Sobiczewska, Anna Stencel, Justyna Lysiak (líbero) e Monika Fedusio. Técnico: Stefano Lavarini.

Alemanha: Pia Kastner, Hanna Orthmann, Anastasia Cekulaev, Lena Stigrot, Jennifer Janiska, Marie Scholzel, Anna Pogany (líbero). Entraram: Lina Alsmeier, Corina Glaab e Camila Weitzel. Técnico: Vital Heynen.

Veja também

Kelsey Robinson está de volta ao Conegliano

Os grandes clubes italianos estão “famintos” no mercado de transferências do v…