Renan
Home Liga das Nações Renan espera etapa complicada na Bulgária
Liga das Nações - Seleção Brasileira - 21 de junho de 2022

Renan espera etapa complicada na Bulgária

Brasil terá, logo na estreia, duelo com a Polônia, atual bicampeã mundial

Polônia, atual bicampeã mundial e com o retorno dos principais jogadores; Sérvia, quarta colocada no último Campeonato Europeu e com Atanasijevic; Irã, campeão asiático; e Bulgária, anfitriã do evento. A Seleção Brasileira masculina não deverá ter vida fácil na segunda etapa da Liga das Nações, que acontece na cidade de Sofia. É o que acredita o técnico Renan Dal Zotto. A estreia do time brasileiro será nesta quarta-feira (22/6), às 11h (de Brasília), contra a Polônia, com transmissão ao vivo do Sportv 2.

– São quatro adversários fortíssimos. A Polônia é uma equipe muito competitiva, independentemente da formação que está em quadra. É uma das candidatas ao título de qualquer competição. Será uma partida muito equilibrada, decidida nos detalhes. A Sérvia vem se renovando, mas está com veteranos que conhecemos bem. São atletas que jogam as principais competições do mundo, competitivos e experientes. Já o Irã passa por uma reformulação, mas não perde as características de jogar com velocidade, defender bem, e ter um saque que sempre traz dificuldade. A Bulgária é outro adversário duríssimo, que agride muito no saque e no bloqueio. Joga em casa e terá a torcida toda a favor em um ginásio que certamente estará lotado. Temos que pensar um jogo por vez. Cada vitória conta muito – disse Renan.

Capitão da seleção masculina, Bruninho concorda com o comandante:

– Temos uma semana muito difícil pela frente. Já começamos com a Polônia, uma equipe tradicional, das mais fortes do mundo. Todos os times que enfrentaremos são tradicionais. O mais importante é a nossa evolução, nosso crescimento, pensar em nosso time neste processo de construção. Queremos alcançar as vitórias, que são muito importantes para nossa classificação – disse Bruninho.

Para a segunda etapa da Liga das Nações o técnico Renan selecionou os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Darlan; os centrais Isac, Lucão, Flávio e Leandro Aracaju; os ponteiros Lucarelli, Rodriguinho, Leal e Adriano; e os líberos Thales e Maique.

 

Veja também

Kelsey Robinson está de volta ao Conegliano

Os grandes clubes italianos estão “famintos” no mercado de transferências do v…