Renan Leal
Home Liga das Nações Renan, Lucarelli, Leal e Alan comentam derrota brasileira
Liga das Nações - Seleção Brasileira - 22 de junho de 2022

Renan, Lucarelli, Leal e Alan comentam derrota brasileira

Confira as declarações dos brasileiros após mais um resultado negativo na VNL

Em seu primeiro jogo pela segunda etapa da Liga das Nações, disputada em Sofia (BUL), a Seleção Brasileira masculina foi superada pela Polônia por 3 sets a 1. Nesta quinta-feira (23/6), a equipe do técnico Renan Dal Zotto encara a Sérvia, às 10h30 (de Brasília), com transmissão ao vivo do Sportv 2.

Veja a opinião do treinador e três remanescentes da Olimpíada de Tóquio sobre o revés.

Alan, oposto, maior pontuador da partida, com 19 pontos
– Nosso jogo não entrou e o adversário sacou muito bem. Mas deu para sentir que nosso time tem o poder de buscar o jogo. Tenho certeza que vamos evoluir muito, ainda temos muito campeonato pela frente.

Lucarelli, ponteiro, retornou ao time após lesão na coxa esquerda
– É sempre bom voltar a entrar em quadra depois de um tempo me recuperando da lesão. Estou ainda pegando o ritmo, e um jogo neste nível exige muita intensidade. Fico feliz de ter voltado, mas infelizmente não conseguimos o resultado positivo, apesar da boa recuperação no final do quarto set, com uma expectativa de levar o jogo para o tie-break. A Polônia é um time dos mais regulares e está jogando um grande voleibol. Temos alguns pontos a melhorar e vamos seguir em frente de cabeça erguida.

Leal, ponteiro, primeira partida com a Seleção na temporada, marcou 10 pontos no jogo
– Não tínhamos dúvida de que seria um jogo muito difícil. Os poloneses foram muito agressivos no saque e tivemos dificuldades com isso. Terminamos o jogo com uma rotação mais alta, o que é um fator positivo.

Renan Dal Zotto, técnico do Brasil:
– Tivemos o retorno do Leal e do Lucarelli, que estavam sem jogar e neste jogo puderam colaborar. Com mais jogos, vão pegar mais ritmo. A Polônia impôs muita dificuldade no saque, e nós tivemos dificuldades no passe. Conseguimos jogar com mais fluidez no segundo set e no final do quarto set, que acabou sendo um pouco tarde. Agora, temos que pensar na Sérvia.

Veja também

Kelsey Robinson está de volta ao Conegliano

Os grandes clubes italianos estão “famintos” no mercado de transferências do v…