Brasil Japão
Home Liga das Nações Brasil vence o Japão e espera EUA nas quartas
Liga das Nações - Seleção Brasileira - 10 de julho de 2022

Brasil vence o Japão e espera EUA nas quartas

Com força máxima, o Brasil derrotou os japoneses e ficou em sexto na fase de classificação

Com a sua força máxima, ao contrário da partida contra a França, quando poupou algumas peças, e com uma atuação mais segura e vibrante, ligada na defesa e melhor no passe, o Brasil derrotou o anfitrião Japão, diante da sua apaixonada torcida, por 3 sets a 0 –  parciais de 25-23, 25-23, 25-22 -, na manhã deste domingo, em Osaka (JPN), no encerramento da fase classificatória da Liga das Nações Masculina de Vôlei 2022.

O resultado manteve o Brasil na sexta colocação geral, com 24 pontos e 8 vitórias. Os Estados Unidos lideram, com 27 pontos e 10 vitórias, seguidos por Polônia, Itália, França e Japão. O Irã ocupa a sétima colocação, com 20 pontos e a Holanda é a oitava, com 17. Ainda hoje jogam: China x Sérvia, Itália x Holanda e Polônia x Eslovênia. Ao final da rodada, serão definidos os confrontos das quartas de final, que acontecerão na cidade italiana de Bolonha, a partir do dia 20 deste mês. A tendência é que dê Brasil x EUA. Mas pode dar Brasil x Polônia também . Veja aqui a programação de transmissão da VNL no SporTV.

O técnico Renan Dal Zotto escalou o Brasil com: Bruninho, Darlan, Isac, Flávio, Leal, Lucarelli e Thales. Força máxima, depois de ter poupado Bruninho e Lucarelli na derrota por 3 a 0 para os franceses, na partida anterior. O jovem Darlan foi o maior pontuador do jogo, com 19 acertos, seguido Por Nishida, com 17, e Ishikawa, com 14.

A Seleção Brasileira mostrou evolução em vários pontos não só em relação ao jogo anterior, mas na também na temporada. Bruninho foi bem, distribuiu com mais variedade, acionando mais a bola pipe, acertando a altura das bolas pelas pontas e jogando mais com os centrais. Isac segue aproveitando bem a oportunidade no time titular, após a lesão de Lucão, na etapa anterior. O campeão olímpico, no entanto, vai retornar para a fase final e fica a dúvida se Renan volta com Lucão ou mantém Isasc.

Thales, muito criticado pela torcida, teve boa atuação na defesa, seu pior fundamento. Segurou bem a linha de passe ao lado de Leal e Lucarelli. Darlan continua surpreendendo pela naturalidade com a qual assumiu a posição de titular no lugar do irmão Alan, que rompeu o tendão de Aquiles direito há cerca de duas semanas. Adriano entrou no terceiro set para ganhar ritmo, no lugar de Leal e também foi bem.

Seleção Feminina

A Seleção Feminina chegou neste domingo em Ankara, na Turquia, para disputar a fase final da Liga das Nações. Quarta-feira, o time enfrenta o Japão, às 9h (horário de Brasília), pelas quartas de final. Confira aqui a tabela da fase final da VNL Feminina.

Veja também

Flávio admite viver momento especial da carreira

Aos 29 anos, Flávio vive um dos melhores momentos da carreira. O meio de rede defenderá o …