Brasília
Home Destaques Brasília anuncia nova líbero e aposta na paixão da torcida
Destaques - Superliga - Vaivém - 14 de julho de 2022

Brasília anuncia nova líbero e aposta na paixão da torcida

O Brasília Vôlei deu mais um passo na reformulação do elenco para a próxima temporada. Na última quarta-feira, a equipe do Distrito Federal anunciou a contratação da líbero Andressa Krachefski, de 35 anos. A diretoria aposta na paixão do torcedor para dar passos cada vez maiores no projeto, em ambos os naipes. O objetivo é retornar aos playoffs e, ao mesmo tempo, captar novos talentos da capital federal.

A jogadora será um dos nomes mais experientes do grupo, formado por atletas de diferentes gerações. O último clube da gaúcha na elite da Superliga foi o Fluminense, em 2020/2021.

Andressa também tem passagens por São Caetano, Araraquara, Valinhos, Bauru e Rio do Sul. Ela chega para disputar vaga com Vitória, uma das poucas que teve o contrato renovado após a nona colocação na última Superliga.

A líbero de 1,75m é a terceira contratação anunciada pelo time brasiliense. Antes, a equipe já havia confirmado a levantadora Vivian Lima, ex-Barueri, e a ponteira Ana Medina, ex-Valinhos. Outro reforço estará do lado de fora das quadras: o técnico Duda Nunes, ex-assistente do italiano Nicola Negro no atual campeão Minas. Ele chega para substituir Rogério Portela.

– Tenho uma equipe grande de trabalho para tentar deixar um legado em Brasília, sem jamais apagar tudo o que foi feito lá atrás. Tivemos finais da Superliga e da VNL, com ginásio recebendo cerca de 10 mil pessoas. É uma cidade que ama o voleibol e queremos que os dois naipes comecem a tomar proporções maiores no cenário, um passo de cada vez, fazendo um time competitivo. É um lugar em que as coisas já são bem feitas, mas há muito espaço para crescimento – comentou Duda, em entrevista ao Web Vôlei.

A oposta Arianne Tolentino, destaque do Brasília na Superliga 2021/2022, é outra que permanece no elenco, assim como a central Lia Mariano. Nos próximos dias, a equipe anunciará o restante do plantel. São esperados nomes como as centrais Lanna Gomes e Camila Paracatu, a ponteira Sonaly e a levantadora Ju Carrijo, entre outros.

Deixaram o Brasília após a última Superliga as ponteiras Isabela Paquiardi, Neneca, Ana Caroline e Natália Monteiro, a centrais Edna, Mimi Sosa e Aline, as levantadoras Ana Cristina e Maynara, e a oposto Sara Dias.

Veja também

Maique: “Estamos buscando identidade para o grupo”

A Seleção Brasileira masculina está na França fazendo os últimos ajustes para o Campeonato…