VNL Isac
Home Destaques Isac ganha espaço nas estatísticas da VNL

Isac ganha espaço nas estatísticas da VNL

Flávio é outro que segue entre os primeiros colocados nas estatísticas

Ao fim da terceira etapa da Liga das Nações masculina (VNL), Isac se juntou a Flavio e Bruninho entre os primeiros colocados nas estatísticas.

O meio de rede, que trocou o Sada Cruzeiro pelo Civitanova, aparece entre os melhores atacantes no percentual de ataque. Isac ganhou espaço no time após a lesão na panturrilha de Lucão, sendo titular durante todos os jogos em Osaka, no Japão. O Web Vôlei usou nesta matéria o percentual de acerto de ataque e de passe, excluindo atletas que fizeram poucas ações, evitando assim criar distorções.

Neste caso, Isac ocupa o terceiro lugar entre os melhores atacantes. Vale lembrar que o site da VNL usa, em vários fundamentos, o número absoluto de acertos para apontar a liderança. No ataque, por exemplo, isso gera  distorção, uma vez que o percentual de aproveitamento é a forma mais adequada para criar um ranking. Levando em consideração a forma da FIVB, quase sempre as melhores atacantes serão os maiores pontuadores. A mesma discussão serve para o passe.

No saque, Isac é o melhor brasileiro, tendo feito dez aces até aqui.  No bloqueio, Flávio segue entre os tops. Ele ocupa o segundo lugar no total de pontos feitos no fundamento. Bruninho também é vice-líder no total de levantamento bem-sucedidos. Veja abaixo das melhores de cada fundamento:

MAIORES PONTUADORES

1 – Nimir Abdel-Aziz (HOL) – 231 pontos
2 – Amin Esmaeilnezhad (IRA) – 193
3 – Yuji Nishida (JAP) – 193

PONTOS DE BLOQUEIO

1 – Svetoslav Gotsev (BUL) – 35
2 – Flávio (BRA) – 27
3 – Agustin Loser (ARG) – 26

PONTOS DE SAQUE

1 – Nimir Abdel-Aziz (HOL) – 30
2 – Yuki Ishikawa (JAP) – 29
3 – Yuji Nishida (JAP) – 27

LEVANTAMENTOS BEM-SUCEDIDOS

1 – Georgi Seganov (BUL) – 301
2 – Bruninho (BRA) – 299
3 – Simone Gianelli (ITA) – 269

DEFESAS

1 – Santiago Danani (ARG) – 117
2 – Tomohiro Yamamoto (JAP) – 101
3 – Julian Zenger (ALE) – 100

APROVEITAMENTO NO PASSE (com mínimo de 100 ações)

1 – Tomohiro Yamamoto (JAP) – 41,8%
2 – Santiago Danani (ARG) – 40,8%
3 – Erik Shoji (EUA) – 39,6%

APROVEITAMENTO DE ATAQUE (com mínimo de 50 ações)

1 – Srecko Lisinac (SER) – 71,4%
2 – Karol Klos (POL) – 69,8%
3 – Isac (BRA) – 67,6%

 

Veja também

Maique: “Estamos buscando identidade para o grupo”

A Seleção Brasileira masculina está na França fazendo os últimos ajustes para o Campeonato…