Renan
Home Fora de Quadra Renan é o próximo do vôlei no Hall da Fama do COB
Fora de Quadra - Seleção Brasileira - 3 de julho de 2022

Renan é o próximo do vôlei no Hall da Fama do COB

Técnico da Seleção Brasileira está na nova lista de homenageados

O Hall da Fama do Comitê Olímpico do Brasil (COB) ganha mais sete membros em 2022 e um deles será do vôlei. Após reunião da Comissão Avaliadora, nesta última semana, os seguintes nomes foram confirmados: Manoel dos Santos (natação), bronze nos Jogos Olímpicos Roma-1960; Marcelo Ferreira (vela) bicampeão olímpico – em Atlanta-1996 e Atenas-2004 – e bronze em Sydney-2000; Ricardo Prado (natação), vice-campeão olímpico em Moscou-1980; Renan Dal Zotto (vôlei), prata em Los Angeles-1984 e atual técnico da Seleção Brasileira masculina; Walter Carmona (judô), medalha de bronze em Los Angeles-1984; e Yane Marquês (pentatlo), bronze em Londres-2012. Melânia Luz (atletismo), velocista três vezes medalhista Sul-americana e primeira mulher negra a integrar a delegação brasileira em Jogos Olímpicos, em Londres 1948, também recebe o reconhecimento em homenagem póstuma.

– É sempre um momento especial para o Comitê Olímpico do Brasil poder homenagear alguns dos ícones do esporte brasileiro. Essas são pessoas que inspiraram gerações de atletas, que marcaram a história do esporte no país, então poder relembrá-los e fazer um tributo, reconhecendo esse esforço, essa determinação, é uma alegria – disse o Presidente do COB, Paulo Wanderley.

Os sete eleitos se juntam às 28 personalidades do esporte que já fazem parte do Hall da Fama da entidade. Os novos membros serão homenageados em eventos do COB e, em cerimônias especiais, deixarão seus pés ou mãos eternizadas em moldes que serão exibidos em uma futura exposição no Centro de Treinamento do COB. No caso de Melânia Luz, já falecida, um familiar receberá a homenagem.

À espera de Renan, o vôlei já conta com seis dos 23 integrantes do Hall da Fama do COB: Jackie Silva, Sandra Pires, Bernardinho, José Roberto Guimarães, Bernard e Fofão.

Os demais são: Adhemar Ferreira (atletismo), Paula (basquete), Sebastián Cuattrin (canoagem), Tetsuo Okamoto (natação), Chiaki Ishii (judô), Guilherme Paraense (tiro esportivo), Hortência (basquete), Joaquim Cruz (atletismo), João do Pulo (atletismo), Maria Lenk (natação), Sylvio Padilha (atletismo), Torben Grael (vela), Vanderlei Cordeiro (atletismo), Aída dos Santos (atletismo), Servílio de Oliveira (boxe), Aurélio Miguel (judô) e Wlamir Marques (basquete).

A vida e a obra desses heróis do esporte olímpico serão o tema de páginas do Hall da Fama digital no site do COB. Biografia completa, vídeos, fotos, páginas de jornal com seus feitos e um espaço para que os fãs do esporte deixem recado estarão disponíveis para o grande público. A área virtual já conta com o perfil de 23 integrantes do Hall da Fama.

Veja também

Darlan entre os “mais promissores” do Mundial

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou uma lista com os jogadores mais promiss…