VNL
Home Destaques VNL masculina: destaques nas estatísticas individuais
Destaques - Liga das Nações - 25 de julho de 2022

VNL masculina: destaques nas estatísticas individuais

Chama a atenção a ausência de franceses nas primeiras colocações

A edição de 2022 da Liga das Nações masculina (VNL) terminou neste domingo com título da França, mas sem jogadores do time dirigido por Andrea Giani em destaque nas estatísticas individuais.

A fase final, em Bologna, não tirou do holandês Nimir Abdel-Aziz a liderança no total de pontos e nos aces. Ela também manteve Flávio entre os melhores bloqueadores e fez Bruninho assumir a liderança no total de levantamento bem-sucedidos.

Vale lembrar que o site da VNL usa, em vários fundamentos, o número absoluto de acertos para apontar a liderança. No ataque, por exemplo, isso gera uma distorção, uma vez que o percentual de aproveitamento é a forma mais adequada para criar um ranking. Levando em consideração a forma da FIVB, quase sempre as melhores atacantes serão os maiores pontuadores. A mesma discussão serve para o passe.

Neste conteúdo você vai acompanhar abaixo o percentual de acerto de ataque e de passe, excluindo atletas que fizeram poucas ações, evitando assim criar distorções.

Veja abaixo das melhores de cada fundamento:

MAIORES PONTUADORES

1 – Nimir Abdel-Aziz (HOL) – 247 pontos
2 – Amin Esmaeilnezhad (IRA) – 215
3 – Yuji Nishida (JAP) – 201

PONTOS DE BLOQUEIO

1 – Svetoslav Gotsev (BUL) – 35
2 – David Smith (EUA) – 29
3 – Flávio (BRA) – 29

PONTOS DE SAQUE

1 – Nimir Abdel-Aziz (HOL) – 30
2 – Yuki Ishikawa (JAP) – 29
2 – Yuji Nishida (JAP) – 29

LEVANTAMENTOS BEM-SUCEDIDOS

1 – Bruninho (BRA) – 328
2 – Simone Gianelli (ITA) – 308
3 – Georgi Seganov (BUL) – 301

DEFESAS

1 – Santiago Danani (ARG) – 117
2 – Tomohiro Yamamoto (JAP) – 107
3 – Julian Zenger (ALE) – 100

APROVEITAMENTO NO PASSE (com mínimo de 120 ações)

1 – Tomohiro Yamamoto (JAP) – 41,3%
2 – Santiago Danani (ARG) – 40,8%
3 – Erik Shoji (EUA) – 40,1%

APROVEITAMENTO DE ATAQUE (com mínimo de 120 ações)

1 – Jeffrey Jendryk (EUA) – 65,8%
2 – Flávio (BRA) – 61,9%
3 – Agustin Loser (ARG) – 58,2%

Veja também

Brasil vai disputar 7º lugar na Copa Pan-Americana

A Seleção Brasileira sub-21 segue sem vitória na Copa Pan-Americana masculina. Neste sábad…