Técnico
Home Destaques Técnico/árbitro é preso após denúncias de estupro
Destaques - Fora de Quadra - 4 de agosto de 2022

Técnico/árbitro é preso após denúncias de estupro

André Testa treinava time em São José (SC) e foi árbitro de linha na Rio-2016

André Testa, técnico e árbitro de vôlei, foi preso em São José, Santa Catarina, após denúncias por estupro de vulnerável e assédio sexual contra jovens feitas por ex-atletas do time da cidade. As informações foram publicadas pelo Globo Esporte.

De acordo com a reportagem, as denúncias começaram em maio. Uma das vítimas relatou um caso acontecido em 2017. Na época, ela tinha apenas 15 anos e teria sido levada para a casa do treinador, onde foi estuprada. Outro atleta conta ter sido forçado a beber em um restaurante. Foi levado bêbado a um motel, local onde foi vítima de estupro.

Na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, ele atuou como árbitro de linha, participando inclusive da final masculina entre Brasil x Itália. Atualmente, André Testa era técnico da Associação Desportiva e Cultural Terra Firme.

A Prefeitura de São José, em nota oficial, disse ter afastado Testa do cargo de treinador, em maio, quando soube das denúncias. O mesmo foi feito pela Terra Firme. Já a CBV “determinou à Federação Catarinense o afastamento imediato de André Testa de suas funções, além de suspender seu registro na entidade, até que os fatos sejam devidamente apurados”.

 

Veja também

Brasil leva virada na Copa Pan-Americana

A quarta-feira (10/8) não foi marcada pela reabilitação do Brasil na Copa Pan-Americana, e…