Champions
Home Destaques Champions: Civitanova, Piacenza e Trentino em vantagem
Destaques - Internacional - 22 de fevereiro de 2024

Champions: Civitanova, Piacenza e Trentino em vantagem

Lucarelli e Leal, do Piacenza, foram alguns dos destaques da abertura dos playoffs


Os playoffs das quartas de final da Champions League masculina de vôlei tiveram início na última quarta-feira (21/2). Para se classificar entre os quatro melhores, as equipes duelarão em jogos de ida e volta, seguindo as regras da competição. A rodada ficou marcada pelos bons resultados dos italianos Civitanova, Piacenza e Trentino, que saíram na frente nos jogos de ida.

Comandado pelo brasileiro Lucarelli, o Piacenza conseguiu superar o favoritismo do Jastrzebski Wegiel (POL), time do técnico argentino Marcelo Méndez, ex-Sada Cruzeiro. Lucarelli, com 24 pontos, foi o maior pontuador e MVP. O compatriota Leal  colaborou com 17 pontos. Os dois foram os destaques da equipe italiana na vitória no tie-break (19-25, 30-28, 25-16, 22-25 e 15-11).

Pelo lado polonês, todos os atacantes atingiram o duplo dígito, mas a equipe terminou com apenas 47% de aproveitamento no ataque, contra 51% do Piacenza. O oposto francês Jean Patry marcou 18, enquanto o central polonês Norbert Huber outros 13.

O Civitanova viajou até a Turquia e até tinha status de zebra, mas contou com uma partida de luxo do seu levantador Luciano de Cecco (MVP do confronto) para bater o Halkbank em 3-1 (25-21, 25-21, 25-27 e 25-22). O argentino somou sete pontos e distribuiu o jogo de forma formidável, sendo que quatro dos seus atacantes atingiram o duplo dígito na pontuação: Nikolov 17, Yant 17, Lagumdzija 15 e Chinenyeze 10. A equipe terminou com 59% de aproveitamento no ataque, fator determinante para a vitória.

O maior pontuador do jogo foi o oposto holandês Nimir Abdel-Aziz, com 27 pontos (50% no ataque), sendo quatro aces e dois bloqueios. Ngapeth apareceu logo atrás com 12 pontos, numa partida um tanto quanto apagada. Com a vantagem adquirida, o Civitanova  vai para o jogo da volta, em casa, precisando vencer apenas dois sets para chegas às semis.

O jogo também marcou o encontro dos irmãos Lagumdzija. Adis (24 anos), oposto da equipe italiana, contra Mirza (22 anos), ponteiro do Halkbank. Ambos já figuram na seleção turca e são realidades para o futuro do voleibol no país.

Com a vida mais tranquila, o Trentino foi até Berlim encarar os donos da casa. Os atuais campeões do scudetto não tiveram dificuldades para vencer em sets diretos (25-18, 25-17, 25-17) e encaminhar praticamente a vaga para as semifinais. A dupla de ponteiros do Trentino e da seleção italiana teve atuação memorável, liderando o triunfo: foram 21 pontos para Daniele Lavia e outros 19 para Alessandro Michieletto. Lavia foi eleito o MVP do confronto.

As três equipes italianas vão com vantagem para os jogos de volta, que acontecerão na próxima semana. Trentino e Civitanova podem até mesmo perder no tie-break que estarão classificados. Para o Piacenza, basta uma vitória por qualquer placar para seguir na Champions League, mas em caso de derrota por 3-0 ou 3-1, a vaga fica com os adversários. Uma derrota no tie-break significaria golden set.

Por Robson Leal, em colaboração ao Web Vôlei