São José Douglas superliga Masculina
Home Destaques Douglas e Brasília relatam ofensa da arbitragem contra São José
Destaques - Superliga - 28 de fevereiro de 2023

Douglas e Brasília relatam ofensa da arbitragem contra São José

O ponteiro e o levantador do Farma Conde/São José disseram que arbitragem ofendeu a comissão técnica


O levantador Brasília e o ponteiro Douglas Souza, do Farma Conde/São José, disseram que a arbitragem da partida contra o Suzano, na noite de segunda-feira (27/2), na Arena Suzano, no encerramento da oitava rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei 2022/23, ofendeu integrantes da comissão técnica dos visitantes.

O Suzano venceu o jogo, de virada, por 3 a 2, num tie-break que só terminou em 17 a 15 e num lance polêmico. A partida não contava com o auxílio do vídeo-check e houve muitos lances duvidosos e erros da arbitragem para ambos os lados, confirmados pelo VT da televisão.

Segundo Douglas Souza, em uma série de stories publicados no seu perfil do Instagram, na manhã desta terça-feira, o árbitro teria mandado a CT do São José “tomar naquele lugar”. Brasília, em entrevista ao Sportv no final da partida de ontem, já tinha dito que os árbitros tinham feito declarações ofensivas. No entanto, eles não disseram contra quem foram as agressões verbais, nem se as ofensas partiram do primeiro ou do segundo árbitro. Os árbitros escalados pela CBV para o jogo de ontem foram Edivaldo Costa Vitor e Gustavo Rodolfo Costa.

– Ontem, a gente tomou um couro, acontece. Mas, depois do jogo, os árbitros simplesmente mandaram a nossa CT  tomar naquele lugar. Olha o ponto que está chegando a nossa Superliga. Uma equipe de arbitragem não pode jamais, em hipótese alguma, falar isso para uma comissão técnica. Isso é feio, é contra a regra, isso não existe. Fiquei chateado por ter perdido o jogo, acontece, mas uma arbitragem falar isso para uma comissão técnica, é inadmissível. Se fosse o contrário, a gente teria tomado 5, 8 pontos na tabela. A CBV é assim: na dúvida, tira cinco pontos do São José. Ninguém me contou o que aconteceu. Eu vi, eu estava lá, eu vi o gesto deles – disse Douglas Souza, lembrando da perda de cinco pontos do time por conta da escalação irregular de Taht e Sanchez, na estreia do turno.

A Confederação Brasileira se posicionou sobre o caso:

“A CBV recebeu os documentos da partida de ontem (segunda-feira), entre Suzano Vôlei e Farma Conde Vôlei SJC e encaminhou ao STJD, para que a procuradoria avalie possíveis infrações cometidas com base no CBJD. A CBV reforça que a decisão que tirou cinco pontos do Farma Conde Vôlei na classificação da Superliga masculina 1XBET não foi tomada pela entidade, mas pelo mesmo STJD, órgão autônomo e independente, por considerar que o clube escalou irregularmente dois jogadores em partida válida pela primeira rodada da competição”.

Tanto Suzano quanto o Farma Conde/São José se preparam para disputar as semifinais da Copa Brasil, no próximo sábado, na cidade catarinense de Jaraguá do Sul. O Suzano enfrenta o Sada Cruzeiro e o São José terá pela frente o Itambé Minas. A final será no domingo. Para chegar às semifinais, o Suzano eliminou o Sesi SP e o Farma Conde São José passou pelo Vôlei Renata. Veja as transmissões dos jogos de vôlei nesta semana.

Pela Superliga, o Suzano só volta a jogar no dia 10 de março, contra o Vôlei Renata, às 19h, no Ginásio do Taquaral, pela nona rodada do returno. O São José recebe o Blumenau, no sábado (11/3), em seu ginásio, às 19h. Confira a tabela com os jogos restantes da Superliga masculina.