Milão
Home Internacional Milão atropela o Vakifbank na Champions
Internacional - 29 de novembro de 2023

Milão atropela o Vakifbank na Champions

Mesmo fora de casa, time italiano ganhou com facilidade por 3 sets a 0


No reencontro de Paola Egonu com o Vakifbank, o Milão foi dominante em partida válida pela Champions League feminina. Mesmo atuando na Turquia, o time italiano venceu por 3 sets a 0, parciais incontestáveis de 25-17, 25-17 e 25-16, nesta quarta-feira (29/11).

Sabe quando tudo funcionando bem de um lado? E quase nada funciona do outro? Então. Esse poderia ser um resumo bem simplista da partida.

Milão conseguiu construir todo o beabá do vôlei: sacou bem, foi preciso nos contra-ataques, viu a marcação encaixar nas principais atacantes do Vakif, teve volume de jogo e errou pouco.

Já o Vakifbank em raros momentos conseguiu impor seu jogo. Faltou sintonia entre Ozbay e as atacantes, o passe oscilou demais, o saque pouco incomodou a linha de passe italiana. E, desta vez, nem sequer o brilho individual, que já tinha salvado o time em outros momentos, foi capaz de equilibrar as ações.

O prêmio de MVP ficou com Paola Egonu. Foram 20 pontos da italiana (13 no ataque, com 43% de aproveitamento, três no bloqueio e quatro no saque). Em comparação com as últimas temporadas, o saque  da oposta está bem melhor. A central americana Dana Rettke colaborou com 11, terminando com 82% de acerto ofensivo.

No Vakif, a oposta Jordan Thompson foi a única a chegar aos dois dígitos de pontuação, com 14. A capitã Gabi fez apenas sete (seis no ataque, com 38% de acerto, e um block). No passe, a brasileira teve 68% de positividade. Outras titulares foram ainda piores: apenas quatro acertos para Zehra Gunes (nenhum no block) e um pontinho para Alexandra Frantti (11% no ataque e 11% no passe).